Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Paraná lança ferramenta para aprimorar atendimentos de saúde bucal pelo SUS

05/06/24 às 09:21 - Escrito por Agência Estadual de Notícias
siga o Tarobá News no Google News!

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) lançou nesta terça-feira (4) a nova Estratificação de Risco em Saúde Bucal do Paraná – Professor Léo Kriger e um sistema de informação criado para inserção e extração de dados no documento. O evento ocorreu no auditório da Sesa em Curitiba e contou com a participação de profissionais da área e apoiadores.


A nova ferramenta, que será aplicada nos atendimentos feitos pelo SUS, estratifica a saúde bucal em duas faixas etárias: crianças (de zero a seis anos de idade) e população em geral (pessoas de sete anos ou mais).


Os dados permitirão a identificação do território e das vulnerabilidades sociais e locais, gerando a avaliação de risco de saúde bucal dos paranaenses, para subsidiar o planejamento de ações pelas equipes municipais de saúde.

Leia mais:

Imagem de destaque

BPFRON apreende mercadorias avaliadas em mais de R$ 100 mil em operação "Cidade Segura"

Imagem de destaque
NOTAS FALSAS

PF prede dupla com notas falsas em Foz do Iguaçu

Imagem de destaque
PENITENCIÁRIA

Piana inaugura unidade prisional com 392 vagas no complexo penitenciário de Piraquara

Imagem de destaque
INCINERADAS

PF realiza incineração de 7 toneladas de drogas na região oeste do Paraná


A estratificação é dividida em grupos que contemplam critérios socioeconômicos, biológicos, de hábito e autocuidado e critérios odontológicos. A partir da análise do profissional de saúde bucal, o paciente somará pontos, numa espécie de escore, que gerará no sistema qual é o risco daquele cidadão para doenças, para que seja definido o planejamento terapêutico individual.


“Essa ferramenta garantirá melhores condições de atendimento e monitoramento para os profissionais de saúde bucal do Paraná, além de servir como um importante indicador para que, cada vez mais, possamos ampliar a cobertura no Estado”, disse a diretora de Atenção e Vigilância em Saúde da Sesa, Maria Goretti David Lopes.


Para o diretor-geral da Sesa, César Neves, é fundamental o alinhamento com instituições parceiras, em especial no desenvolvimento de novas tecnologias, para propiciar melhorias dentro do atendimento público em saúde. “Essa estratificação propicia um olhar diferenciado para quem mais precisa, além de ser uma fonte de organização das demandas das equipes de saúde bucal”, afirmou.


Desde 2019, o Governo do Estado investiu mais de R$ 80 milhões em ações da Linha de Cuidado em Saúde Bucal do Paraná. Isso inclui obras de reforma e ampliações em espaços odontológicos e compra de mobiliários e equipamentos.


Somente este ano, a Sesa entregou kits odontológicos para ampliar a cobertura de atendimento de saúde bucal em 91 municípios. Os investimentos possibilitaram mais de 6 milhões de atendimentos feitos por 1.459 equipes distribuídas no Estado.


PROCESSO – A elaboração da nova estratificação foi iniciada em 2022 por meio de oficinas e projetos-pilotos, inicialmente na 2ª Regional de Saúde Metropolitana, até o momento da validação do sistema por meio da 4ª Regional de Saúde de Irati, este ano.


Agora, com o sistema disponível para todo o Estado, ainda neste mês, a equipe da Sesa iniciará capacitações macrorregionais, além de uma capacitação a distância por meio da Escola de Saúde Pública do Paraná.


HOMENAGEM – A estratificação reformulada e validada foi denominada Professor Léo Kriger em homenagem ao professor e dentista por ter sido o idealizador da primeira estratificação de risco no Estado. “Essa é uma homenagem gigante que perpetua o nome do meu pai por gerações que serão beneficiadas por este processo”, disse o filho do professor, Rogério Kriger.


Léo Kriger nasceu em 1942 em Curitiba e se formou em odontologia na Universidade Federal do Paraná em 1965. Atuava como cirurgião-dentista e foi professor na UFPR, PUC-PR e Tuiuti. Kriger trabalhou na Política de Saúde Bucal do Paraná na Sesa e em importantes instituições voltadas para essa área em todo o país. Ele faleceu em 2022.


PRESENÇAS – Participaram do evento a chefe de Saúde Bucal da Sesa, Carolina de Oliveira Azim Schiller; a diretora da Associação Brasileira de Odontologia Seção Paraná (ABO/PR), Nereida Zuleika Hessel Dias; a coordenadora do Departamento de Saúde Coletiva do Setor de Ciências da Saúde da UFPR, Solena Kusma Fidalski; familiares do Professor Léo Kriger e profissionais da área.


Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá