PM proíbe uso de tinta nos tapetes de Corpus Christi em Sertanópolis

Redação Tarobá News
Paraná | Publicado em 19/06/2019 às 13:34

Em Sertanópolis, a procissão de Corpus Christi virou motivo de polêmica. A Polícia Militar proibiu o uso de tinta nos tapetes confeccionados pelos fiéis nas ruas. Muita gente não gostou dessa orientação que vai em rota de colisão com a tradição cristã.

E os enfeites como ficam? O problema são as marcações que delimitam os mosaicos. O argumento da PM é que a tinta permanente atrapalha o trânsito, a visibilidade. E que os traços não foram apagados no ano passado. O tenente que enviou o ofício ainda destacou: a lei de trânsito proíbe qualquer mudança na sinalização das vias. Mas o assunto na cidade não caiu bem, muita gente achou um exagero.

Na tradicional procissão de Corpus Christi em Sertanópolis, a beleza dos tapetes estava no material usado o pó de serra. No vídeo é possível ver algumas fotos do ano passado. E para fazer o trabalho as pastorais precisavam da tinta.

Entre a tradição e as leis a igreja decidiu acatar a ordem sem nenhum questionamento. A tinta já foi cortada dessa procissão. Mas isso não é o fim… Os fiéis não desanimaram de enfeitarem as ruas. Os enfeites vão ser deste tecido, TNT. Já estão prontos, foram feitos por grupos da paróquia e também pelas crianças.

Cerca de 1.500 fiéis devem participar da procissão de Corpus Christi em Sertanópolis. Por força da lei, a decoração vai estar um pouquinho diferente, mas a fé essa, não muda.


Reportagem Heloisa Pedrosa



Relacionados

Londrina | 10-08-2020 15:26

Volta às aulas na rede municipal deve ser prorrogada novamente em Londrina

Volta às aulas na rede municipal deve ser prorrogada novamente em Londrina

Paraná | 10-08-2020 15:15

BRDE capta recursos junto à Agência Francesa de Desenvolvimento

BRDE capta recursos junto à Agência Francesa de Desenvolvimento

Paraná | 10-08-2020 15:13

Copel tem quase 2 megawatts habilitados em leilão de energia

Copel tem quase 2 megawatts habilitados em leilão de energia

Paraná | 10-08-2020 15:11

Comida Boa movimentou R$ 113 milhões no comércio

Comida Boa movimentou R$ 113 milhões no comércio