Prefeito de Rio Bom decreta situação de emergência após temporal

Redação Tarobá News
Paraná | Publicado em 15/03/2019 às 18:47

Foto: Reprodução/Blog do Berimbau

O prefeito de Rio Bom, Ene Benedito Gonçalves, decretou nesta sexta-feira (15) situação de emergência para os moradores das casas alagadas após temporal registrado na tarde de quinta-feira (14). Relatório da Defesa Civil do município aponta que cerca de 30 famílias tiveram as residências alagadas pela chuva e perderam quase todos seus pertences. 

"Ocorreu uma tromba d'água. Foram mais de 100 milímetros em um curto espaço de tempo. Teve casas onde a água atingiu um metro de altura e danificou os pertences dos moradores", comenta o prefeito.

Gonçalves estava na cidade na hora da chuva e acompanhou os atendimentos. Segundo ele, a chuva forte causou mais estragos em casas localizadas na saída para Apucarana e também na saída para o Distrito de Santo Antônio do Palmital. O prefeito explica que o grande volume de água ficou canalizado nessas regiões e acabou invadindo as moradias. 

"Foi muito triste entrar em algumas residências e ver os móveis e eletrônicos boiando na água. Foi desesperador", descreveu o prefeito que assinou o decreto na manhã desta sexta para viabilizar a compra de alimentos e outros itens de necessidade básica aos moradores afetados.  

Além das casas, a zona rural também teve prejuízos, como bueiros e pontes danificadas.

Doações podem ser encaminhadas ao Centro Social Urbano ou ao Centro de Referência de Assistência Social (Cras). 

Fonte: TN Online



Relacionados

Paraná | 22-03-2019 14:42

Portos do Paraná querem sediar evento nacional do setor

Portos do Paraná querem sediar evento nacional do setor

Paraná | 22-03-2019 09:54

Saúde intensifica combate à febre amarela em todo Paraná

Saúde intensifica combate à febre amarela em todo Paraná

Paraná | 21-03-2019 16:12

TJ nega liminar para soltar Beto Richa

TJ nega liminar para soltar Beto Richa

Curitiba | 21-03-2019 15:01

Avaliação de águas pelo Tecpar contribui para saúde pública

Avaliação de águas pelo Tecpar contribui para saúde pública

PUBLICIDADE