Procon diz que preço da gasolina deveria ter caído mais em Londrina

Redação Tarobá News
Paraná | Publicado em 11/01/2019 às 15:25

O preço do litro da gasolina vem caindo nas últimas semanas em Londrina. Mas o Procon alerta que o valor deveria ser bem menor e desta vez a "culpa" é das distribuidoras. 

Nas bombas, é possível ver uma redução no preço dos combustíveis. 
 Pequena, mas já dá pra dizer que a gasolina, principalmente, está custando menos.

 Segundo o último levantamento do Procon, ainda em dezembro, o preço da gasolina caiu 3,76% em relação ao mês anterior. 
Já é possível encontrar o litro a menos de R$ 4.


O etanol ficou praticamente estável, com preço mínimo de R$ 2,59.
 E é a gasolina que tem mais chamado a atenção do órgão de defesa do consumidor. Desde novembro, a Petrobrás vem anunciando reduções que chegariam a 17%.  Mas, para o consumidor londrinense, ficou apenas em 7%.
 


Avaliando as notas fiscais de compra enviadas pelos postos, a conclusão é que as distribuidoras não estão fazendo os repasses.

Com a redução, será que já compensa usar a gasolina no lugar do etanol? Fazendo as contas, usando como referência os menores preços, 2,59 e 3,99, a diferença é de quase 65%.



Mas, segundo os especialistas, para valer a pena, a gasolina deveria custar menos de R$ 3,70 o litro.



De centavo em centavo, o motorista espera ainda uma redução nos preços mais significativa, que faça a diferença no bolso.

(Reportagem: Luciane Myiazaki) 



Relacionados

Curitiba | 19-03-2019 11:35

Cresce 35,3% número de empresas abertas no Paraná em fevereiro

Cresce 35,3% número de empresas abertas no Paraná em fevereiro

Paraná | 18-03-2019 23:25

Projeto obriga bancos a ter estacionamento para clientes

Projeto obriga bancos a ter estacionamento para clientes

Arapongas | 18-03-2019 23:21

Idosa morre após cair de árvore

Idosa morre após cair de árvore

Londrina | 18-03-2019 19:36

Dono da Iguaçu do Brasil é condenado por estelionato pela terceira vez

Dono da Iguaçu do Brasil é condenado por estelionato pela terceira vez

PUBLICIDADE