Projeto de lei discute transporte de animais em ônibus coletivo

Redação Tarobá News
Paraná | Publicado em 16/06/2017 às 17:22

Foto: Divulgação

Um projeto de lei tem dividido opiniões em Londrina. A proposta é da vereadora Daniele Ziober e prevê o transporte de animais domésticos de até 16 kg e animais exóticos, desde que legalizados, em ônibus coletivo. O projeto visa autorizar também o transporte no Psiu, nas vans e nos táxis. 

Os animais deverão ser levados nas caixas próprias para transporte, de fibra de vidro e com grades. Cada pessoa poderia levar até 2 animais de cada vez. Cachorro, fato, coelho, ave, qualquer animal doméstico de pequeno porte. No caso dos ônibus, o limite também seria de 2 animais por viagem e ainda, em horários pré-definidos. 

Em cidades como São Paulo, Porto Alegre, Brasília e Curitiba, esse tipo de transporte já é regulamentado. Por aqui, o projeto de lei abrange ônibus e táxis. Se a pessoa quiser colocar a caixa no banco do passageiro, deverá pagar 2 vezes. Para a vereadora Daniele Ziober, a ideia é ajudar quem não tem carro e nem condições de pagar o Táxi Cão. 

A assessoria da Grande Londrina já divulgou uma nota dizendo que: 

“A Transportes Coletivos Grande Londrina não tem nenhuma objeção ao projeto que permite o transporte de animais de estimação em ônibus”

A empresa inclusive já encaminhou um ofício para a Câmara com algumas considerações que julga pertinentes em relação à responsabilidade dos donos de animais e sobre o peso dos mesmos, sugerindo que baixe de 16kg para 10 kg. 

(Colaboração Luciane Miyazaki)



Relacionados

Paraná | 20-08-2018 12:33

Semana da Pátria: quase tudo pronto para o Desfile de 7 de Setembro deste ano

Semana da Pátria: quase tudo pronto para o Desfile de 7 de Setembro deste ano

Paraná | 20-08-2018 11:19

Filhos procuram mãe que desapareceu

Filhos procuram mãe que desapareceu

Paraná | 20-08-2018 08:53

Motorista alerta sobre perigo no viaduto do Brasmadeira

Motorista alerta sobre perigo no viaduto do Brasmadeira

Paraná | 20-08-2018 08:27

MP aceita pedido de investigação da compra de cadeiras do Estádio Olímpico

MP aceita pedido de investigação da compra de cadeiras do Estádio Olímpico

PUBLICIDADE