Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel
Londrina
Cascavel

Projeto quer adaptar geladeiras para incentivar leitura

18/12/17 às 14:04 - Escrito por Redação Tarobá News
Foto: Divulgação -

A Diretoria de Turismo do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel) e a Diretoria de Bibliotecas da Secretaria Municipal de Cultura (SMC) estão trabalhando no projeto Geloteca, que deve ter início no primeiro semestre de 2018. O trabalho consiste na instalação de geladeiras, que serão adaptadas para receber livros e disponibilizá-los à população, em diferentes pontos da cidade e distritos de Londrina.  O objetivo é promover uma ação de extensão da Biblioteca Pública Municipal de Londrina, para democratizar o acesso ao livro, à leitura e a literatura. 

Após a fixação das gelotecas, a população poderá fazer livremente a doação e retirada de qualquer exemplar disponível. Os livros que estarão à disposição foram recebidos como donativos e a SMC ficará responsável por fazer a alimentação dos equipamentos, quando necessário, além do controle dos acervos. A ideia é que as gelotecas sejam colocadas, primeiramente, em prédios públicos, como unidades de saúde, terminais urbanos e rodoviários, entre outros locais.

A Biblioteca Pública Municipal de Londrina está recebendo doações de livros para as gelotecas. Interessados em doar podem entrar em contato com a Biblioteca, na Avenida Rio de Janeiro, 413, ou pelo telefone (43) 3371-6500. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 19 horas. 

A diretora de Bibliotecas da Secretaria Municipal de Cultura, Leda Maria Araújo, explicou que se trata de um trabalho de extensão da Biblioteca Pública Municipal. O intuito é descentralizar os serviços da biblioteca, principalmente em regiões onde não há bibliotecas públicas, como é o caso dos distritos. “Nosso objetivo é a democratização do acesso ao livro, nos aproximando da população”, destacou.

Para o diretor de Turismo da Codel, Fabian Trelha, a ação irá fomentar a leitura, utilizando geladeiras que estavam sem uso e que serão adesivadas com a logomarca do projeto.  “A ideia é que o livro fique circulando e não parado nas prateleiras”, ressaltou. 

Parcerias- O processo, para implantação das gelotecas, será feito por meio de parcerias com pessoas físicas ou jurídicas que tenham interesse em adotar o equipamento, ficando responsáveis por sua manutenção. O interessados deverão participar do edital de chamamento público que será publicado em breve. 

(com N.Com)

© Copyright 2022 Grupo Tarobá