Linha 4

Publicidade

PSS para professores da rede estadual já tem mais de 20 mil inscritos

Redação Tarobá News

Foto: Divulgação/Secretaria de Educação

Faltando três dias para o fim do prazo de inscrições, o Processo Seletivo Simplificado (PSS) para professores para rede estadual de ensino chegou à marca de 20 mil candidatos inscritos, com ampla maioria paranaense, mas com postulantes de todas as regiões do País. As inscrições iniciaram em 11 de novembro e seguem até as 18h de segunda-feira (23) pelo link www.cebraspe.org.br/concursos/seed_pr_20_professor.

O número de inscritos já é cinco vezes maior que o número mínimo de vagas que prevê o edital (47/2020) da Secretaria de Estado da Educação e do Esporte, de 4 mil professores temporários para 2021. O número pode ser ampliado.

Neste ano, o processo seletivo tem uma novidade. Será aplicada uma prova de conhecimento da área em que o candidato se inscrever e em que pretende dar aula. A prova de títulos e o tempo de serviço — critérios utilizados em anos anteriores — continuam parte do processo de seleção.

Cada candidato pode se inscrever em apenas um Núcleo Regional de Educação (NRE), escolhendo até dois municípios do núcleo. Na sequência, terá a possibilidade de optar por uma ou duas funções, disciplinas, áreas do conhecimento ou eixos da educação profissional. São ao todo 19 disciplinas e mais de 80 áreas disponíveis para inscrição em 11 diferentes eixos tecnológicos de cursos técnicos.

Para participar, os candidatos devem pagar taxa que varia de R$ 60 (para uma disciplina) a R$ 105 (para duas disciplinas). As provas serão aplicadas em 13 de dezembro nas cidades-sede dos Núcleos Regionais de Educação (NRE). No dia da avaliação serão adotadas normas rígidas de prevenção da Covid-19, seguindo protocolo da empresa que organiza a prova, além de determinações da Secretaria de Estado da Saúde.

Grupos de risco
Parte dos profissionais selecionados substituirá professores do grupo de risco da Covid-19 sem possibilidade de atuar presencialmente. Entretanto, a prova e a seleção estão abertas a todos os profissionais, inclusive aos candidatos do grupo de risco.

A realização da prova seguirá todo um protocolo de segurança aprovado pela Secretaria de Estado da Saúde. A classificação do profissional do grupo de risco está garantida e será mantida. Ele será chamado assim que acabar a situação emergencial da pandemia.

Com AEN

COMENTÁRIOS

Publicidade