Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Richa autoriza contratação de novos profissionais da Jucepar

28/03/18 às 19:01 - Escrito por Redação Tarobá News
siga o Tarobá News no Google News!

O governador Beto Richa autorizou nesta terça-feira (27) a nomeação de 53 novos profissionais da Junta Comercial do Paraná, autarquia responsável pelos processos de registro de empresas no Estado. São sete contadores, três administradores e 43 técnicos administrativos aprovados em concurso feito em novembro do ano passado. Os profissionais vão passar por treinamento e a previsão é de que em 30 dias sejam encaminhados para a atuar na sede da Jucepar, em Curitiba.

De acordo com o presidente da Junta Comercial, Ardisson Akel, essa é a primeira vez na história em que foi realizado um concurso para quadro próprio da autarquia. “Essas novas contratações refletem na melhoria dos serviços e na qualidade do atendimento prestado pela Jucepar. Isso é essencial na atração de novas empresas e no desenvolvimento do Estado”, disse Akel.

Os nomeados vão atuar em vários setores - na Relatoria de Processos, Procuradoria, reforçar o atendimento do SAC e na Análise de Processos, além de dar apoio e suporte necessários aos 65 escritórios regionais do Estado. A remuneração dos cargos está entre R$ 1.523,23 e R$ 3.657,27.

Leia mais:

Imagem de destaque
NOTAS FALSAS

PF prede dupla com notas falsas em Foz do Iguaçu

Imagem de destaque
PENITENCIÁRIA

Piana inaugura unidade prisional com 392 vagas no complexo penitenciário de Piraquara

Imagem de destaque
INCINERADAS

PF realiza incineração de 7 toneladas de drogas na região oeste do Paraná

Imagem de destaque
PONTA GROSSA

Suspeito que levou cinco tiros de empresário sai de hospital no PR

Segundo Akel, os profissionais ajudarão no trabalho de abertura, alteração e fechamento de empresas no Estado. A Junta Comercial é a responsável por integrar os sistemas dos órgãos licenciadores e reguladores pelos quais os empresários precisam passar para completar o registro de empresas. “Esse papel transformou a Jucepar na porta única de entrada para os registros empresariais. O volume de trabalho também aumentou e a recomposição do quadro vai garantir que as etapas de registro continuem seguras e desburocratizadas”, diz.

Com a implantação do sistema Empresa Fácil Paraná na Jucepar, o processo de análise de documentação e liberação de certidões para o funcionamento de empresas leva, em alguns casos, poucas horas ou no máximo cinco dias úteis. O processo pode ser acompanhado online. Antes disso, algumas empresas só começavam a funcionar depois de 40 dias e com a necessidade de entregar os documentos presencialmente em vários órgãos.

AEN

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá