Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Sanepar ensina crianças a importância de preservar rios e a natureza em Ponta Grossa

08/06/24 às 13:51 - Escrito por Agência Estadual de Notícias
siga o Tarobá News no Google News!

Um dos cartões postais da cidade de Ponta Grossa, o Lago de Olarias recebeu, nesta sexta-feira (7), a visita de observadores atentos. Alunos do 6º ano do Colégio Estadual Maestro Bento Mossurunga, participaram de atividade do programa “Sustentabilidade, da Escola ao Rio”, promovida pela Sanepar, na programação da Semana de Meio Ambiente.


Orientados pela equipe de educação socioambiental da Sanepar, o grupo realizou a coleta de amostras e análise de parâmetros físicos, químicos e microbiológicos da água, por meio de um kit didático de monitoramento da qualidade. Pelas reações colorimétricas, puderam observar os impactos que os usos e ocupações na área da bacia do rio Olarias podem causar na qualidade da água do lago.


“Foi um monitoramento pontual, com cunho didático, de educação ambiental, para apresentar aos alunos a importância do monitoramento dos rios urbanos”, explica a gestora de educação socioambiental da Sanepar, Luciana Garcia, que realizou a atividade em parceria com a gestora Crislaine Mendes.

Leia mais:

Imagem de destaque
VEJA ORIENTAÇÕES

Copel orienta sobre cuidados para garantir a segurança ao soltar pipas

Imagem de destaque
INVESTIMENTOS

Estado investe R$ 100 milhões em vigilância em saúde e combate à dengue no semestre

Imagem de destaque
POSITIVIDADE DE 50%

Em seis meses, Lacen processa 13.298 amostras de vírus respiratórios

Imagem de destaque
RMC

Homem promete casamento, mas dá prejuízo de quase meio milhão para vítima


PERCEPÇÃO - O programa visa a contribuir para a percepção e a compreensão da comunidade sobre a influência de seus hábitos na qualidade dos rios, e como cada cidadão pode contribuir para melhorar essa qualidade. Para isso, os estudantes são incentivados a refletir sobre a destinação correta dos resíduos e do esgoto em toda a área da bacia hidrográfica, a ocupação do solo, a preservação de nascentes e matas ciliares, entre outros aspectos.


A estudante Ana Clara Dobrovolski, de 11 anos, diz que aprendeu muito com a experiência. “Por conta da poluição, a água às vezes fica diferente, com microorganismos, então temos que tomar cuidado e fazer a nossa parte, preservando o meio ambiente, não jogando lixo na rua, que podem ir parar em rios e lagos”.


A pedagoga Karla Leal Oliveira também destacou a importância da atividade para os alunos do Colégio Estadual Maestro Bento Mossurunga, que fazem parte da comunidade do entorno do Lago de Olarias. “É sempre muito importante este tipo de atividade para que eles compreendam o que está à sua volta, e saibam algo a mais de preservação, especialmente nesta Semana do Meio Ambiente, em que levarão pra casa esse aprendizado”, diz.


O programa Sustentabilidade, da Escola ao Rio, está em andamento em várias cidades paranaenses. Na região, está em desenvolvimento em Telêmaco Borba e Bituruna. No próximo semestre, também deve iniciar em Porto União, Imbituva e Ponta Grossa, em paralelo às obras de ampliação de sistemas de água e esgoto nesses municípios.


Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá