Sesa orienta municípios para intensificação de estratégias da vacinação contra a gripe

Redação Tarobá News
Paraná | Publicado em 28/05/2020 às 16:48

A poucos dias do final da campanha nacional de vacinação contra a gripe, a Secretaria da Saúde do Paraná alerta os municípios para que promovam estratégias de chamamento do público-alvo que ainda não recebeu a dose.

A campanha termina no próximo dia 5 de junho e até a data de hoje (28) a cobertura vacinal no estado é 75%. Organizações Mundiais de Saúde e o Ministério da Saúde preconizam que índice ideal é de 90% para que se tenha a efetividade da imunização.

“Recomendamos que os municípios realizem ações de vacinação e de busca ativa pelo público elencado para receber a dose, prevalecendo sempre as regras vigentes neste momento de distanciamento social e de segurança por conta da Covid-19”, afirma o secretário Estadual da Saúde, Beto Preto.

O secretário lembra que esta vacina não imuniza contra o coronavírus, ela protege contra a Influenza, que é o vírus da gripe. “Nosso objetivo com a campanha, que foi até antecipada neste ano, é proteger o maior número de pessoas, evitando quadros mais graves de gripe e a ida de pessoas a unidades de saúde e hospitais, ambientes com alto risco de transmissão da Covid-19”, complementou.

Grupos – O público estabelecido para esta fase da campanha abrange gestantes, puérperas, crianças de 6 meses a menores de 6 anos e adultos de 55 a 59 anos.

“A cobertura vacinal destes grupos ainda está muito abaixo do preconizado; distribuímos 4,054 milhões de doses para um público estimado em 3,8 milhões de pessoas mas, nosso levantamento de hoje com 75% de cobertura vacinal indica que milhares ainda precisam ser imunizados”, avalia a diretora do Divisão de Atenção e Vigilância em Saúde, Maria Goretti David Lopes. “Por isso nossa orientação para novas estratégias de vacinação nesta reta final de campanha”, acrescentou a diretora.

Grupos vacinados anteriormente, como idosos, trabalhadores da área da saúde e povos indígenas superaram a meta e apontam cobertura acima de 90%.

Orientação - Como possíveis estratégias a serem adotadas pelas secretarias municipais de Saúde, a Divisão de Vigilância do Programa de Imunização da Sesa sugere a abertura das unidades neste sábado (30) para a vacinar exclusivamente as crianças, isso facilitaria os pais levarem os filhos; e a realização de Drive Thru na primeira semana de junho para as gestantes puérperas e adultos de 55 a 59 anos

A Sesa reforça ainda sobre a importância dos municípios em notificar e registrar as doses aplicadas junto ao Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações, do Ministério da Saúde. O registro é obrigatório e deve ser realizado assim que a dose for aplicada como forma de consolidar a ação e confirmar a cobertura vacinal do Estado.

SESA



Relacionados

Londrina | 07-07-2020 17:03

Abrasel prevê que metade dos bares e restaurantes não deve sobreviver à nova quarentena em Londrina

Abrasel prevê que metade dos bares e restaurantes não deve sobreviver à nova quarentena em Londrina

Curitiba | 07-07-2020 16:05

CGE reforça trabalho contra corrupção durante a pandemia

CGE reforça trabalho contra corrupção durante a pandemia

Londrina | 07-07-2020 16:01

Buzinaço em frente à Prefeitura pede reabertura do comércio

Buzinaço em frente à Prefeitura pede reabertura do comércio

Paraná | 07-07-2020 15:52

Paraná tem mais 1530 casos de coronavírus e 31 mortes

Paraná tem mais 1530 casos de coronavírus e 31 mortes