Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

TRE realiza teste de integridade e auditoria para comprovar segurança das urnas

02/10/22 às 09:24 - Escrito por Redação Tarobá News

O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) realizou, na manhã deste domingo (2), o teste de integridade das urnas eletrônicas sorteadas pela Justiça Eleitoral. O teste é realizado para comprovar a segurança na captação e contabilização do voto pelo equipamento. 


O teste foi transmitido ao vivo pelo Tribunal no início da manhã. Além do teste de integridade, o TRE-PR também realizou um auditoria com eleitores voluntários das seções 708 e 470 que ficam na Pontíficia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), em Curitiba. 


A auditoria faz parte de um projeto piloto do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que pretende comprovar a integridade e lisura das eleições. 


A juíza Luciani de Lourdes Tesseroli Maronezi, presidente da Comissão da Auditoria da Votação Eletrônica, explicou que a auditoria será uma espécie de votação com o uso de cédulas físicas e  voto eletrônico. O eleitor será convidado, após votar oficialmente, para participar do projeto emprestando a biometria. 


"O eleitor não votará duas vezes. Assim que ele votar, será convidado para participar do projeto emprestando a biometria. Ao final do dia, vamos comparar o número de votos que estão nas urnas de lona e também nos equipamentos eletrônicos. Com toda a certeza, o número de votos físicos e eletrônicos serão iguais", explicou a juíza. 


Um dos eleitores que emprestou a biometria foi Fernando Augusto Marciniuk. Ele votou na seção 708, na PUC, e também emprestou, de forma voluntária, a biometria para a auditoria. 


"Isso permite que as pessoas acreditem que o processo é seguro", enfatizou. 


© Copyright 2022 Grupo Tarobá