Tromba d’água chama atenção e deixa banhistas assustados no litoral do Paraná

Redação Tarobá News
Paraná | Publicado em 02/03/2020 às 14:45

Reprodução/WhatsApp

Uma tromba d’água chamou a atenção de banhistas neste fim de semana em Caiobá e o balneário Inajá, em Matinhos, no litoral do Paraná. O fenômeno ocorreu no fim da manhã deste domingo (1) e foi registrado em fotos e vídeos por turistas e moradores da região.

Segundo Nilson Gonçalves Filho, estava no ferryboat voltando para Curitiba quando se deparou com a tromba d’água no mar. “De longe..foi muito bonito de ver. Inclusive, o capitão do barco que a gente estava comentou que estava bem longe e não tinha perigo.”

TROMBA D’ÁGUA É UM TIPO DE TORNADO

De acordo com o meteorologista Lizandro Jacóbsen, do Simepar, o fenômeno é um tipo de tornado que se forma sobre a água. O especialista esclarece que há uma combinação de fatores atmosféricos para que este tipo de fenômeno ocorra.

“São tempestades que se formam com mais intensidade. As vezes, esse contrantes com superfície muito aquecida, como está nessa época do ano…chega uma tempestade na região, ou até mesmo nebulosidade, e fica mais fácil de formar esse fenômeno.”

Jacóbsen também destaca que a tromba d’água é pouco previsível. Eles são mais comuns que o tornado –que ocorre em terra–, principalmente nas regiões sul e sudeste do país.

A orientação ao encontrar é manter distância do fenômeno, para garantir a segurança.  

Paraná Portal



Relacionados

Paraná | 04-06-2020 16:21

94% das empresas paranaenses fecharam maio em atividade

94% das empresas paranaenses fecharam maio em atividade

Maringá | 04-06-2020 15:23

Secretário de Saúde de Maringá está com coronavírus

Secretário de Saúde de Maringá está com coronavírus

Curitiba | 04-06-2020 15:07

​Reunião vai discutir horário de funcionamento do comércio

​Reunião vai discutir horário de funcionamento do comércio

Paraná | 04-06-2020 14:56

Casos de Covid-19 crescem 162% em uma semana na Macrorregião Oeste

Casos de Covid-19 crescem 162% em uma semana na Macrorregião Oeste