Linha 4

Publicidade

UEM promove oficinas sobre convivência no trabalho na pandemia

Agência Estadual de Notícias

Foto: AEN

Compreender a evolução do novo coronavírus e as implicações do contágio, diagnóstico, sintomas e tratamento da Covid-19. Esse é o objetivo de uma série com cinco oficinas online que será promovida pela Universidade Estadual de Maringá (UEM), em parceria com a Associação dos Amigos do Museu Dinâmico Interdisciplinar (Amud).

Os eventos vão ocorrer todas as quartas-feiras deste mês de março, transmitidos em tempo real, das 8h às 11h15. A programação será composta por painéis e palestras que vão abordar o assunto, alinhado a temas como ética, qualidade de vida e felicidade no ambiente de trabalho em tempos de pandemia.

O professor Marcílio Hubner de Miranda Neto, do Departamento de Ciências Morfofisiológicas da UEM, destaca a importância de assimilar o processo fisiopatológico da pandemia e a influência no funcionamento do cérebro, dos pontos de vista fisiológico e emocional.

“Vamos discutir um pouco sobre as questões de ética e neuroética, entendendo como ficam a qualidade e vida das pessoas e as questões de convivência”, afirma o docente, que também atua na coordenação do Museu Dinâmico interdisciplinar (Mudi) da UEM.

Doutor em Ciências, ele ressalta que, apesar de parecerem dispersas, as temáticas propostas para o evento estão interligadas. “A pandemia nos levou ao isolamento social e a passarmos mais tempo em casa, mudando nossas rotinas de trabalho. Essas alterações nos relógios biológicos podem contribuir para o aumento da violência doméstica, das dificuldades de aprendizagem, da dificuldade de concentração no trabalho, assim como o comprometimento da qualidade do sono, dentre muitos prejuízos cronobiológicos”, enumera o professor.

A série de eventos conta com o apoio institucional de órgãos governamentais, como a Secretaria Especial da Receita Federal do Brasil, a Secretaria de Estado da Fazenda e a Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, além do Observatório Social de Maringá (OSM) e do Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita do Estado do Paraná (Sindafep).

As inscrições são gratuitas e exclusivas pela Internet (clique AQUI). Os participantes terão certificado de até 15 horas, emitido pela UEM, mediante assinatura das listas de presença, que serão disponibilizadas em cada oficina. Para assistir à série de eventos, clique AQUI.

PROGRAMAÇÃO – As oficinas são direcionadas a profissionais que atuam em instituições de ensino superior e demais pessoas que trabalham em órgãos do setor público, nas esferas municipal, estadual e federal.

No dia 3 de março, com o tema “Covid-19, o vírus, a vacina, as mutações e as ações da UEM no enfrentamento da pandemia”, o evento vai reunir a pró-reitora de Extensão e Cultura da UEM, professora Débora de Mello Gonçales Sant’Ana; o chefe do Departamento de Análises Clínicas e Biomédicas da UEM, professor Dennis Armando Bertolini; e a professora do Programa de Pós-Graduação em Biociências e Fisiopatologia da UEM, Patrícia de Souza Bonfim de Mendonça.

No dia 10 será ministrada a palestra “Educação Fiscal e cidadania em tempos de pandemia. O que o servidor público tem a ver com isso”. O tema será conduzido pelo professor Marcílio Hubner, com a participação da Trupe Arte, Ética e Cidadania, que apresentará a peça teatral “O Auto da Barca do Fisco em Tempos de Pandemia”.

No dia 17, o professor Marcílio Hubner, a pró-reitora Débora de Mello e a presidente da Amud, Isabel Chagas, vão compor a mesa redonda “Ritmos biológicos em tempos de pandemia. O que fazer para reduzir o estresse em casa, no trabalho e na escola?”.

Na sequência da programação, no dia 24 de março, o professor Marcílio vai comandar uma palestra show, intitulada “Ética, neuroética e qualidade de vida no ambiente de trabalho durante e após a pandemia”. Haverá apresentação de espetáculo do Grupo Abaecatu – projeto de extensão da UEM, nas áreas de música, poesia e cidadania.

Encerrando as atividades da série de oficinas, no dia 31 haverá a mesa redonda “Trabalho e Felicidade: o que a neurociência tem a nos dizer?”, com participação da pró-reitora Débora de Mello e da professora Linnyer Beatrys Ruiz Aylon, que atua no Departamento de Informática da UEM.

MUSEU  - Vinculado à Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da Universidade Estadual de Maringá (UEM), o Museu Dinâmico Interdisciplinar (Mudi) tem como objetivo promover a interação dos conhecimentos acadêmicos e científicos com as práticas sociais, constituindo um centro de educação continuada, inclusive para atualização de professores das redes pública e privada da Educação Básica (Ensino Fundamental e Ensino Médio).

Com as atividades iniciadas em 1995, ao longo de mais de duas décadas, o museu aproxima a produção de conhecimento e a popularização científica, por meio da promoção, de forma contínua, de várias ações, tais como: visitas, palestras, cursos, programa de rádio e espetáculos teatrais e musicais, além de eventos técnicos e científicos.

Para fortalecer e ampliar as atividades do Mudi, a Associação dos Amigos do Museu Dinâmico Interdisciplinar (Amudi), uma organização da sociedade civil, articula apoios, incluindo a arrecadação de fundos, contribuindo para segurança patrimonial do acervo museológico e continuidade dos serviços.

Serviço
Série de Oficinas Online
Ética, qualidade de vida e felicidade no ambiente de trabalho em tempos de pandemia
Data: todas as quartas-feiras de março de 2021, das 8h às 11h15
Para assistir: Canal no YouTube da Amudi (clique AQUI)
Inscrições: acesse AQUI.

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade