Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel
Londrina
Cascavel

Empresário é preso por crime ambiental em Apucarana

28/12/17 às 19:09 - Escrito por Ellen Santos
Foto: divulgação -

Um empresário de 33 anos, suspeito de crime ambiental, foi preso nesta quinta-feira (28), em Apucarana. De acordo com a Polícia Ambiental, ele estava usando o espaço da Área de Proteção Permanente (APP) como estacionamento de sua empresa e para criação de animais, na região do Projeto Agrícola.

Após denúncia, equipes foram ao local acompanhados de fiscais da prefeitura para verificar a situação. O dono da empresa alegou que o terreno foi cedido em comodato pela prefeitura há muitos anos. Contudo, a prefeitura verificou junto aos registros que ele ultrapassou a área permitida e está usufruindo da APP.

Segundo o sargento Daniel Patrício da Silva, o empresário promoveu alterações no espaço e causou danos ao meio ambiente.

Os policiais também constataram a criação de animais a apenas três metros de distância do curso hídrico. "Ele tem gado, cavalo em área de proteção permanente. Conforme a lei é preciso manter um raio de 50 metros de distância da nascente e um raio de 30 metros de distância de córregos e rios", assinala o sargento.

O empresário foi preso e encaminhado à delegacia. Ele deve responder por crime ambiental por degradação de Área de Preservação Permanente (APP), que prevê pena de um a três anos de prisão além de multa. A polícia informou que o caso também será encaminhado ao Instituto Ambiental do Paraná (IAP).

© Copyright 2022 Grupo Tarobá