Acusados de latrocínio são condenados a mais de 25 anos de prisão

Fernanda Vieira Marques
Policial | Publicado em 02/06/2017 às 13:11

Foto: Ilustrativa

Dois homens acusados de latrocínio – roubo seguido de morte – em Boa Vista da Caroba, sudoeste do Paraná, foram condenados hoje (2), a mais de 25 anos de prisão. O crime aconteceu no dia 10 de julho de 2016.

Evandro dos Santos Guimarães (23), Marcos Pimentel da Silva (21) e um menor de 15 anos foram responsáveis pela morte de Diego Felipe Cossetin (29), que foi baleado quando voltava de um passeio com a esposa e a filha bebê. A vítima chegou a ser socorrida e encaminhada ao Hospital Santa Rida de Ampére, mas não resistiu. Os assaltantes fugiram com o carro e o celular de Diego.

Na época, o veículo foi encontrado abandonado em uma ponte na comunidade Fonte Bela, em Ampére. Também foram apreendidas armas de fogo em uma residência, supostamente utilizadas no crime. O trio foi localizado e os dois maiores estavam em prisão preventiva desde setembro do ano passado.

Na sentença, Marcos foi condenado a 30 anos e seis meses de prisão, e Evandro a 26 anos e quatro meses, ambos agora em regime inicial fechado. Os dois estão presos na carceragem da Delegacia da Polícia Civil de Realeza.



Relacionados

Londrina | 22-07-2019 19:29

Caso Sara: padrasto conta como matou enteada de nove anos

Caso Sara: padrasto conta como matou enteada de nove anos

Londrina | 22-07-2019 19:21

Mãe da menina de 9 anos morta pelo padrasto fala à TV Tarobá

Mãe da menina de 9 anos morta pelo padrasto fala à TV Tarobá

Cascavel | 22-07-2019 18:48

Caso Gabriel: família alerta jovens sobre encontros por aplicativos

Caso Gabriel: família alerta jovens sobre encontros por aplicativos

Curitiba | 22-07-2019 18:36

Vítima de explosão em apartamento deixa hospital depois de 23 dias

Vítima de explosão em apartamento deixa hospital depois de 23 dias

PUBLICIDADE