Londrina
Cascavel

TV Tarobá

Tarobá FM

  • Londrina
  • Cascavel

Após ameaça de massacre, aulas são mantidas em escola de Rolândia

27/03/19 às 09:38 - Escrito por Redação Tarobá News

Mesmo após as ameaças deixadas em uma carteira do Colégio Estadual Presidente Kennedy, no centro de Rolândia, a direção manteve as atividades nesta quarta-feira (27). Mesmo assim, poucos alunos compareceram. Alguns pais assustados, optaram por deixar os filhos em casa, após um áudio vazar, pedindo que ninguém fosse à escola no turno da manhã.

“Fala pra não deixar ir à escoa. É melhor que não vá ninguém e depois a gente resolve a situação. Porque se a pessoa queria alguma coisa a respeito de algum ibope disso daí, não vai ter. Porque não vai ter ninguém lá pra ser massacrado. Então recomendo aos pais que não deixem os alunos ir pra escola”. Ainda não há confirmação se a recomendação partiu da direção da escola.

O caso veio à tona após pais de alunos denunciarem que foram encontrados desenhos com pessoas suspeitos, nesta terça-feira (26). As imagens que tem pessoas armadas e encapuzadas e frases de ameaças, são similares às do atirador que cometeu o massacre em Suzano, interior de São Paulo, que deixou 10 mortos em 13 de março.

Nesta manhã, a Policia Militar foi acionada e está reunida com a direção do colégio. Como há câmeras em todos os ambientes, os policiais analisam as imagens gravadas dentro da sala de aula para tentar identificar quem é ou quem são os responsáveis pelos desenhos. Além disso, o Conselho Tutelar também foi acionado e apura a situação, já que menores podem estar envolvidos.

“Pode ser uma brincadeira de mau gosto como pode ser algo sério. Não podemos tratar como algo sem importância. Temos que tomar cuidado com a segurança de todos”, comentou uma pessoa ligada à escola que preferiu não se identificar.

O Colégio Estadual Presidente Kennedy tem 1200 alunos nos três turnos. Apenas pela manhã são 500 estudantes do 6º ano do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio.

LEIA MAIS:


© Copyright 2022 Grupo Tarobá