Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Após encontrar dois braços, polícia realiza buscas por outras partes do corpo

09/11/22 às 19:04 - Escrito por Redação Tarobá News

Após encontrarem dois braços na estação de tratamento de esgoto da Gleba Lindóia, na zona leste de Londrina, na última semana, a Polícia Civil trabalha para encontrar o restante do corpo da vítima. Os policiais se depararam com o braço direito do que, a princípio, seria de um homem branco na última terça-feira (8), depois de terem localizado um braço esquerdo na segunda-feira (7).


A desconfiança é de que o crime tenha acontecido no fundo de vale do jardim Santa Fé, onde a vítima teria sido esquartejada, e as partes do corpo tenham sido jogadas no córrego que desagua na estação de tratamento de esgoto Com o apoio da equipe de busca e salvamento do Corpo de Bombeiros, o delegado e investigadores do setor de homicídios da Polícia Civil, foram inicialmente até uma região de mata fechada na tentativa de encontrar o restante do corpo.


O segundo destino da equipe foi a estação da Sanepar, onde os dois braços foram encontrados, mas não havia vestígios de outras partes do corpo. Com isso, as equipes se deslocaram para o outro lado da mata fechada, com entrada pelos fundos do Jardim Marisol.


Trabalhadores da Sanepar estiveram no local para levantar as tampas de concreto e confirmar que possíveis partes do corpo não estariam presas nas curvas da tubulação. A Sanepar emitiu uma nota reforçando que a situação nada tem a ver com o processo de abastecimento de água.


De acordo com o delegado João Reis, a Polícia Civil tentou identificar a vítima por meio das digitais, mas não foi encontrada no banco de identificação do Paraná. Por conta disso, a suspeita é de que seja de outro Estado.


“Temos que fazer uma pesquisa no bando nacional de digitais, e isso é um processo mais demorado. Quando é de outro Estado demora porque o banco de informações não é unificado”, explicou Reis.

© Copyright 2022 Grupo Tarobá