Audiência de motorista que matou duas pessoas será no fim de novembro

Redação Tarobá News
Policial | Publicado em 09/11/2018 às 08:46

A justiça marcou para 21 de novembro a primeira audiência do caso do acidente que matou duas pessoas na avenida Dez de Dezembro, no dia 1º de maio. A ré, Daiane Freire de 37 anos, ainda pode ser levada a júri popular.

A audiência foi marcada para o dia 21 de novembro. O objetivo vai ser comprovar que a motorista cometeu crime de homicídio com dolo eventual, quando dirigiu embriagada assumiu o risco de matar. O carro em que ela estava bateu em uma moto e provocou a morte de Jean e de Eliede dos Santos Oliveira.

LEIA MAIS:

Esta vai ser a primeira audiência. O Ministério Público vai primeiro questionar e ouvir as duas testemunhas de acusação, que são os dois policiais militares que atenderam a ocorrência. Depois é a vez das duas testemunhas de defesa. Por fim, Daiane Freire deve prestar depoimento. Após essa audiência a justiça vai decidir se a ré vai ou não a júri popular.

As imagens das câmeras de vigilância vão ser usadas como prova. Segundo a PM, a motorista estava embriagada. O teste do bafômetro identificou 0,51 mg/l, quando o limite de álcool previsto pela Lei Seca é de 0,05 mg/l. Daiane foi presa preventivamente, mas a justiça emitiu fiança de R$ 3180 e ela responde processo em liberdade.



Relacionados

Londrina | 21-01-2019 15:14

Motorista escapa da morte ao ser prensado por dois caminhões da BR 369

Motorista escapa da morte ao ser prensado por dois caminhões da BR 369

Cascavel | 21-01-2019 14:46

Delegada diz porque filho que agrediu a mãe não ficou preso

Delegada diz porque filho que agrediu a mãe não ficou preso

Realeza | 21-01-2019 14:13

PRF apreende caminhão com 40 mil carteiras de cigarro no sudoeste

PRF apreende caminhão com 40 mil carteiras de cigarro no sudoeste

São Miguel do Iguaçu | 21-01-2019 14:10

Suspeito de furtos é preso pela PM e conduzido à Delegacia

Suspeito de furtos é preso pela PM e conduzido à Delegacia

PUBLICIDADE