CASO EDUARDA: Pai e avó prestam depoimento em fevereiro

Redação Tarobá News
Policial | Publicado em 27/01/2020 às 12:14

A audiência em que o pai e a avó de Eduarda Shigematsu serão ouvidos já foi marcada. Será dia 3 de fevereiro a partir das 14h. A oitiva foi marcada pelo juiz Alberto José Ludovico. O depoimento da avó, Terezinha de Jesus Guinaia, será no Fórum de Rolândia. Já na decisão, o juiz determina que o interrogatório do réu Ricardo Seidi será realizado por videoconferência, já que ele se encontra preso em Londrina.

Eduarda Shigematsu tinha 11 anos quando foi encontrada morta nos fundos da casa da família em Rolândia em abril de 2019. Pai e avó foram denunciados por homicídio qualificado, falsidade ideológica e ocultação de cadáver. Para o Ministério Público, o crime foi cometido por meio cruel, pelo fato da vítima ser do sexo feminino, o que caracteriza feminicídio, e sem dar chance de defesa.

Ricardo confessou ter enterrado a filha, mas nega que a tenha matado. Ele está preso preventivamente. A avó conseguiu um Habeas Corpus. Em outubro, 11 testemunhas foram ouvidas. Entre elas, policiais que atenderam a ocorrência, uma conselheira tutelar e a mãe da menina, Jéssica Pires.



Relacionados

Francisco Beltrão | 23-02-2020 12:10

Após discussão, homem atinge o namorado de sua ex com disparo de arma de fogo

Após discussão, homem atinge o namorado de sua ex com disparo de arma de fogo

Pontal do Paraná | 23-02-2020 10:59

Corpo aparece boiando próximo à Ilha do Mel

Corpo aparece boiando próximo à Ilha do Mel

Medianeira | 23-02-2020 10:56

Adolescente é morto a tiros nas costas em Medianeira

Adolescente é morto a tiros nas costas em Medianeira

Palotina | 23-02-2020 10:52

PM liberta mulher mantida refém pelo ex-marido em Palotina

PM liberta mulher mantida refém pelo ex-marido em Palotina