Caso Maria Eduarda: manifestação continua no Brasmadeira

Ellen Santos
Policial | Publicado em 21/01/2020 às 21:53

A manifestação realizada por familiares e amigos da pequena Maria Eduarda, 7 anos que morreu ao ser atropelada já dura mais de 8 horas.

O protesto começou no início desta tarde na rua Nogueira e em seguida, os moradores foram para a avenida Piquiri cruzamento com a rua Indira Gandhi no bairro Brasmadeira. Pneus e colchões foram queimados para bloquear as ruas.

Com faixas e cartazes, os familiares pedem justiça, já que o motorista que atropelou a criança continua solto.

Equipes da Polícia Militar e Guarda Municipal acompanharam o manifesto pacifico durante a tarde. Já no final da tarde policiais do Pelotão de Choque tentaram negociar o fim da ação.

As ruas foram fechadas e a manifestação não tem hora para acabar.


Caso

Maria Eduarda morreu ao ser atropelada por Uno na noite de sábado (18), no jardim Melissa em Cascavel.
O motorista atingiu a menina na rua Nogueira, e em seguida atingiu um muro. Populares ficaram revoltados com a situação e agrediram o rapaz.

Socorristas e médico do Siate tentaram reanimar a pequena, mas ela morreu no interior da ambulância.
Já o condutor foi encaminhado ao Hospital Universitário. Ele ainda não se apresentou na delegacia.

Leia mais: Criança morre após ser atropelada; condutor foi agredido por populares no Jardim Melissa

Moradora do Jardim Melissa fala sobre atropelamento que matou criança

Ônibus ficam parados durante manifestação na avenida Piquiri

Atropelamento com morte: familiares e amigos pedem por justiça



Relacionados

Londrina | 25-02-2020 16:20

Atos de crueldade contra mulheres avançam de forma desenfreada

Atos de crueldade contra mulheres avançam de forma desenfreada

Rolândia | 25-02-2020 15:33

Homem que matou ex-mulher e tirou a própria vida é velado em Rolândia

Homem que matou ex-mulher e tirou a própria vida é velado em Rolândia

Apucarana | 25-02-2020 15:17

Vídeos mostram moradores ateando fogo em casa do suspeito de matar criança baleada

Vídeos mostram moradores ateando fogo em casa do suspeito de matar criança baleada

Curitiba | 25-02-2020 14:30

Associação de bares diz que Carnaval de Curitiba foi subestimado; GM e PM rebatem

Associação de bares diz que Carnaval de Curitiba foi subestimado; GM e PM rebatem