Condenada por morte de taxista em Goioerê é presa 9 anos depois

Redação Tarobá News
Policial | Publicado em 30/03/2019 às 10:32

A equipe da Polícia Militar cumpriu mandado de prisão contra Josiane Melchior Gomes, que foi condenada a 12 anos de prisão por envolvimento na morte do taxista Iran Alves Marinho, ocorrida em 21 de fevereiro de 2010.

Josiane foi julgada e condenada em 2015, mas ganhou o direito de recorrer da sentença em liberdade. Com o esgotamento de todos os recursos e a sentença transitada em julgado, Josiane foi presa e recolhida à cadeia pública de Goioerê, onde permanece à disposição da justiça. Ela deve ser transferida para a Penitenciária Feminina de Foz do Iguaçu nos próximos dias.

Josiane foi acusada de ter um relacionamento com o taxista e usou essa proximidade para atraí-lo até o Jardim Universitário, onde ele foi dominado pelos irmãos Claudinei e Sidnei de Oliveira, que o mataram perto da cidade de Moreira Sales e ocultaram o cadáver. Claudinei era marido de Josiane.

Claudinei e Sidnei de Oliveira foram condenados a 16 e 19 anos de prisão, respectivamente, e cumprem pena desde o julgamento em estabelecimento penitenciário.

Também foi condenado no crime Jonson de Souza Marinho, filho do taxista, que foi sentenciado a 17 anos de prisão, por supostamente ter sido o mandante do crime. Ele agora é o único a estar em liberdade e aguarda julgamento de recurso no STJ – Superior Tribunal de Justiça.
Informações: Goionews




Relacionados

Curitiba | 15-02-2020 10:12

Van é cercada por bandidos armados e veículo é encontrado incendiado

Van é cercada por bandidos armados e veículo é encontrado incendiado

Foz do Iguaçu | 15-02-2020 10:06

Mulher é assassinada em frente a motel em Foz do Iguaçu

Mulher é assassinada em frente a motel em Foz do Iguaçu

Guaíra | 15-02-2020 10:05

Após roubo, PM prende um elemento e recupera Astra em Guaíra

Após roubo, PM prende um elemento e recupera Astra em Guaíra

Capanema | 15-02-2020 09:59

Adolescente de 16 anos é morto por outro de 14 em Capanema

Adolescente de 16 anos é morto por outro de 14 em Capanema

PUBLICIDADE