Linha 4

Publicidade

Em carta, detentos de Guarapuava fazem reivindicações e ameaçam rebelião

Redação Tarobá News

RSN Notícias

Uma carta endereçada à Vara de Execuções Penais (VEP) em Guarapuava revela o descontentamento de internos na Penitenciária Industrial de Guarapuava (PIG). O Portal RSN recebeu cópia da correspondência, enviada por familiares dos presos. 

O que chama a atenção, é que uma exigência pede a transferência de um servidor da PIG. De acordo com os internos, se isso não ocorrer, pode haver rebelião. Em outubro de 2014 presos já ficaram rebelados. Entretanto, em contato com a juíza Liliane Graciele Breitwisser, da VEP, ela remeteu o assunto à diretoria da PIG. 

Conforme a magistrada, a direção é “extremamente qualificada e tem condições de responder quaisquer questões sobre o funcionamento interno da unidade”. De acordo com o relato dos internos, um dos funcionários os agride com “tapas no rosto”. Diz também que, supostamente, o mesmo servidor teria dado ordens de represálias”, caso alguém peça assistência médica durante a noite. 

Entretanto, segundo informações internas, o clima está tranquilo. Entre as reclamações pontuadas na carta, eles dizem que o horário para o ‘banho de sol’ teve redução de sete para quatro horas. Outra reclamação refere-se às visitas, agora ‘on-line’, das 9h às 15h. “O normal seria das 8h às 17h”.Conforme o documento, as sacolas, na pandemia, só podem chegar por Sedex. Entretanto, muitas famílias são de baixa renda, e não possuem condições de pagar R$ 60 por semana. 

Eles também reclamam que alguns itens são retirados da embalagem antes desta ser entregue.


Veja a reportagem completa em RSN Notícias.

COMENTÁRIOS

Publicidade