Guarda municipal Michael de Souza é solto pela justiça

Redação Tarobá News
Policial | Publicado em 09/11/2018 às 18:45

O desembargador Telmo Cherem, do tribunal de justiça do Paraná, concedeu habeas corpus ao guarda municipal Michael de Souza Garcia. Michael é acusado de disparo de arma de fogo em via pública e fraude processual no caso da morte de Matheus Evangelista (18). O jovem foi morto durante uma abordagem numa ocorrência de som alto atendida pela Guarda Municipal em março deste ano na zona norte de Londrina.

O desembargador embasou a decisão afirmando que para a pena abstrata aplicada ao guarda, ou seja, a pena máxima que ele pode ser condenado, não cabe prisão preventiva, já que se for condenado não ficará preso nem na pior das hipóteses. De acordo com Eduardo Mileo, advogado do GM, ele deve ser solto neste sábado (10). 

 O desembargador determinou que Michael se apresente periodicamente em juízo, que não mantenha qualquer contato com as testemunhas e informantes referidos no processo e que fique restrito as atividades internas no retorno ao trabalho na guarda municipal, além de monitoração eletrônica.



Relacionados

Curitiba | 26-04-2019 09:51

Mulher é condenada a 22 anos de prisão após morte brutal de criança

Mulher é condenada a 22 anos de prisão após morte brutal de criança

Curitiba | 26-04-2019 09:45

Esposa e amante são condenados pela morte de policial em Curitiba

Esposa e amante são condenados pela morte de policial em Curitiba

Londrina | 26-04-2019 09:27

Receita Federal apreende caminhão carregado de cigarros

Receita Federal apreende caminhão carregado de cigarros

Pinhão | 26-04-2019 09:24

Homem é suspeito de matar a esposa a tiros

Homem é suspeito de matar a esposa a tiros

PUBLICIDADE