Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Homem diz ter sido agredido na UPA Sabará após reclamar de demora no atendimento

17/08/22 às 14:21 - Escrito por Redação Tarobá News

Um homem afirmou ter sido agredido por um funcionário da UPA Sabará, na zona oeste de Londrina, nesta terça-feira (16), após reclamar da demora no atendimento. De acordo com a denúncia, um enfermeiro teria dado um golpe 'mata-leão' no paciente, fazendo com que ele chegasse a desmaiar.


A situação teria acontecido após três horas de espera por uma consulta. O empresário diz ter ido cobrar um médico, quando o profissional da saúde o xingou. "Eu respondi na mesma altura e a gente acabou discutindo verbalmente. Concordo que houve a agressão verbal de ambas as partes", admitiu Marco Antônio Martins.


Segundo o relato, foi nesse momento que um enfermeiro se aproximou dele e o golpeou. "Simplesmente me asfixiaram, me jogaram no chão, eu cheguei a desmaiar, tive algumas lesões no braço, no pescoço e garganta. Eu não tive reação nenhuma”, falou.


Conforme Martins, quando ele acordou, percebeu que estava com algemas. Um enfermeiro e uma guarda municipal chegaram até ele e informaram  ordem de prisão.


“Eu pedi as imagens do hospital e elas não foram cedidas. Houve um abuso de autoridade da policial. Eles alegam que eu que parti para cima, mas as imagens comprovam que não fui eu, que pelo contrário eu fui pego pelas costas”, completou o empresário.


Procurada, a secretaria de Saúde informou que não sabia do caso, mas afirmou que solicitará à coordenação da UPA que explique o que aconteceu. "Se por ventura ficar constatado algum excesso por parte de algum dos nossos servidores, vamos fazer o encaminhamento à Corregedoria do município, que é o responsável por agir em situações como essa”, disse o secretário de Saúde, Felippe Machado.

© Copyright 2022 Grupo Tarobá