Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Idoso é agredido por moradores de rua em frente ao restaurante popular

29/11/22 às 15:37 - Escrito por Redação Tarobá News

Um idoso foi agredido por dois moradores de rua, na tarde desta terça-feira (29), em frente ao restaurante popular de Londrina, no centro. Segundo a vítima, ela estava aguardando para almoçar, quando os dois homens pediram dinheiro e ela se recusou a dar.


Antônio Gonçalves Dias foi agredido a chutes e chegou a cair no chão. Conforme uma testemunha, a situação a deixou revoltada. "Como era um senhor, me preocupei e fui ver o que tinha acontecido. Nesse momento, me relataram que moradores de rua tinham batido nele", contou a analista de crédito Aguines Duarte.


Uma equipe do Samu se deslocou até o local para os primeiros socorros. O idoso, consciente, foi encaminhado à UPA do Jardim do Sol com ferimentos pelo corpo para atendimento médico.


Insegurança no restaurante


Populares reclamam da falta de segurança no Restaurante Popular de Londrina. De acordo com uma cozinheira do local, moradores de rua que circulam pela região inclusive já chegaram a agredir os próprios funcionários.


"Essas situações são recorrentes. A gente já chega aqui com medo. Precisa de um segurança. Muitas pessoas do bem frequentam aqui, idosos, trabalhadores do comércio, mas também vem muitos moradores de rua geralmente drogados. Eles viram a bandeja na cara da gente, xingam e ameaçam. Eu estou de aviso-prévio. Gosto do que faço, mas não dá para trabalhar mais nesse ambiente”, relatou Marli de Souza.


Souza também afirmou que o restaurante já foi invadido e ninhum policial teria aparecido. "Eles roubam panela. É alumínio, né? Eles vendem depois para consumir droga".


Para a cliente e analista de crédito Aguines Duarte, a região está abandonada e precisa da atenção da Prefeitura e das forças de segurança. "O centro está bem abandonado e o restaurante não tem nenhuma câmera”, disse.


A reportagem procurou a Secretaria Municipal de Agricultura, responsável pelo restaurante, para esclarecimentos e até a publicação desta matéria não obteve resposta.

© Copyright 2022 Grupo Tarobá