Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Importunação sexual: professor tem prisão decretada e novas vítimas relatam abusos

29/07/22 às 09:58 - Escrito por Redação Tarobá News

Após a repercussão do caso do professor de Ivaiporã, preso por suspeita de importunação sexual contra uma aluna de 16 anos, outras estudantes denunciaram a mesma conduta do educador, que segundo as denúncias, teria passado a mão por baixo da blusa tocado os seios de uma aluna e ainda teria dado beijos nela.


A adolescente ao chegar em casa relatou o fato para a mãe, que então procurou o Conselho Tutelar e a Polícia Militar.


A delegada da Mulher, Magda Hofstaetter, disse que outras vítimas procuraram as autoridades para relatar fatos semelhantes. “Diante da gravidade e reiteração dos fatos foi decretada a (prisão) preventiva desse homem de 38 anos. A Polícia Civil segue as investigações e orienta outras vítimas que tenham passado por situação semelhantes que procurem as autoridades”, afirmou a delegada.


Ele foi autuado por importunação sexual, que tem a pena máxima de cinco anos. No Vale do Ivaí, a Polícia Civil também investiga um caso de importunação sexual em Apucarana, onde um operário foi flagrado tentando abusar de uma mulher que passava pela rua, próximo de uma obra.

© Copyright 2022 Grupo Tarobá