Londrina
Cascavel

TV Tarobá

Tarobá FM

  • Londrina
  • Cascavel

Justiça autoriza volta ao trabalho de GM envolvido em morte de jovem na zona norte

31/07/18 às 10:42 - Escrito por Rafael Sanchez

A Justiça autorizou que o agente da Guarda Municipal, João Victor Góes Arruda, um dos três envolvidos na abordagem que resultou na morte do jovem Matheus Evangelista, de 18 anos, na zona norte, volte ao trabalho.

A decisão, assinada pela juíza de Direito e presidente do Tribunal do Júri, Elisabeth Kather, autoriza o retorno, desde que Arruda cumpra algumas condições, como não se ausentar da comarca de Londrina sem autorização judicial, comunicar qualquer mudança de endereço à Justiça e ainda comparecer mensalmente em juízo.

LEIA MAIS:

Primeira audiência do caso Matheus Evangelista é marcada para agosto

Acusação pede que mais um GM seja incluído como autor da morte de Matheus

Justiça recusa inclusão de terceiro GM como autor da morte de Matheus

João Victor era o motorista da viatura que levava também os agentes Michael de Souza Garcia e Fernando Neves, ambos réus criminalmente, acusados de homicídio e fraude processual, que é a alteração da cena do crime. Arruda responde apenas por fraude processual. De acordo com a perícia, foi da arma de Neves que saiu o disparo que matou Matheus. 

O advogado de João Victor, Rafael Garcia Campos, afirmou que ainda pretende recorrer da denúncia de fraude processual e deve buscar um habeas corpus para isso. O retorno do agente ao trabalho pode ocorrer imediatamente.

O jovem Matheus Evangelista morreu no dia 11 de março, durante uma abordagem da Guarda Municipal na zona norte de Londrina.

© Copyright 2022 Grupo Tarobá