Justiça mantém GM suspeito de atirar em ex-namorada na prisão

Weslley Lemos
Policial | Publicado em 28/05/2020 às 21:40

O juiz da 5ª Vara Criminal de Londrina, José Henrique Coelho Ortolano, negou pedido de habeas corpus e manteve o guarda municipal suspeito de roubar e atirar na ex-namorada preso. A decisão foi expedida na noite desta quinta-feira (28). Conforme adiantado no programa Tarobá Urgente, o Ministério Público já havia se posicionado contra a soltura do agente. Segundo o delegado Antônio Silvio Cardoso, responsável pela investigação, o inquérito policial será concluído ainda nesta semana. 

Na decisão, o magistrado ressaltou que além dos indícios de participação nos crimes de furto e roubo, o agente também foi denunciado por posse ilegal de acessório de uso restrito. "É inequívoco o perigo gerado pelo estado de liberdade do réu preso, notadamente, pela sua periculosidade diante das circunstâncias concretas do crime. Logo, a prisão é necessária para a manutenção da ordem pública", afirma o documento. 

O caso
Um assalto que terminou com uma mulher baleada no dia 10, Dia das Mães, pode ter envolvimento do Guarda Municipal. A vítima chegava na casa dos seus pais após sair do trabalho quando foi surpreendida por uma motocicleta. Foram levados no local R$ 2 mil em dinheiro e um veículo Cruze. A ação aconteceu na rua Athos Anzola, no jardim Santiago, e o carro foi encontrado pouco tempo depois no mesmo bairro. 

Porém, no mesmo dia o apartamento em que ela mora foi invadido e R$ 160 mil foram furtados do local. O criminoso entrou com a tag, uma espécie de chave eletrônica, e não precisou arrombar a porta. O dinheiro seria da empresa em que a mulher trabalha. Ela foi atingida na perna e já se recupera do ferimento. 

As investigações da Polícia Civil apontam o agente como suspeito. Ele teve um relacionamento amoroso com a vítima e sabia da rotina de levar dinheiro para casa nos finais de semana para depositar na segunda-feira. Vizinhos da residência no Santiago anotaram a placa da motocicleta utilizada no assalto. Com isso, os policiais localizaram o proprietário da Twister que informou ter emprestado a mesma para o guarda no dia dos fatos. Eles seriam amigos. 

O dono da moto alegou que foi ameaçado pelo GM para não contar sobre o assalto e recebeu R$ 2 mil para ficar quieto. A motocicleta foi apreendida pela PM no jardim Colúmbia, zona oeste, e foi encaminhada à 10ª Subdivisão Policial. 

(Colaborou: Rafael Machado)



Relacionados

Palmas | 10-07-2020 13:57

Câmeras flagram ação de criminosos em cooperativa de crédito

Câmeras flagram ação de criminosos em cooperativa de crédito

Toledo | 10-07-2020 12:42

Polícia Militar realiza apreensão de mais de 300 kg de maconha no interior de Toledo

Polícia Militar realiza apreensão de mais de 300 kg de maconha no interior de Toledo

Santa Helena | 10-07-2020 12:40

Homem tentar abusar de menor de idade em seguida agride-a com socos em Santa Helena

Homem tentar abusar de menor de idade em seguida agride-a com socos em Santa Helena

Cascavel | 10-07-2020 11:16

PM e GM apreendem maconha e homem com mandado em aberto

PM e GM apreendem maconha e homem com mandado em aberto