Linha 4

Publicidade

Médico é detido por suspeita de posse de drogas durante serviço em Cafelândia

Ellen Santos

Um médico que estava trabalhando na ala Covid-19 no PAM de Cafelândia foi detido pela Polícia Militar na tarde desta segunda-feira (21). Segundo a Secretaria de Saúde, pacientes denunciaram que o profissional estava em posse de drogas e além disso, sem condições de trabalhar.

Os militares rapidamente foram acionados e se deslocaram até o local. Durante revista, os policiais encontraram duas buchas de cocaína no bolso do jaléco do profissional, além de R$ 22,00. O médico foi encaminhado ao destacamento, onde assinou um termo circunstanciado e foi liberado. 

Nós entramos em contato com a Secretaria de Saúde de Cafelândia que confirmou a informação e se pronunciou através de nota:

"Em relação ao fato ocorrido agora pelo meio dia, segunda-feira (21), aonde um médico plantonista, que prestava serviços junto à Unidade Sentinela para Covid-19, paralela ao Pronto Atendimento Municipal – PAM – de Cafelândia, foi preso após pacientes terem denunciado sobre uso de drogas durante atendimento médico, o município de Cafelândia, vem a público informar que o médico em questão, pertence a uma empresa terceirizada e que prestava serviço há dois meses no município. Ainda segundo a secretaria de Saúde, os fatos estão sendo apurados e a empresa será notificada e terá seu contrato rescendido junto ao município. A secretaria de Saúde e a administração, lamenta o ocorrido e destaca ainda que colocou à disposição dois médicos efetivos do município para assumir o plantão nesta tarde (21), para que a população não fique desamparada. Providências cabíveis ao caso já estão sendo tomadas".


COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade