Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Menor supostamente explorada em casa de prostituição já está com os pais

15/08/22 às 19:06 - Escrito por Redação Tarobá News

A adolescente de 17 anos encontrada em uma casa de prostituição na zona norte de Londrina, na noite de sexta-feira (12), já está com os pais. A menor foi descoberta durante uma operação conjunta do Conselho Tutelar, Vara da Infância e Juventude e Polícia Militar contra a exploração sexual de menores.


A ação foi realizada após denúncias de que em uma residência localizada no Conjunto Hilda Mandarino haveria prostituição e menores de idade. Depois de realizarem uma revista, as equipes encontraram dentro da casa a adolescente sem os documentos pessoais.


Ela negou que estaria se prostituindo, mas foi encaminhada à Delegacia para prestar depoimento. “Ela relatou que veio para a casa do namorado e estava nessa residência junto com o namorado”, contou a conselheira tutelar Márcia Moura.


A menina foi encaminhada na mesma noite a casa de uma prima em Londrina e, posteriormente à residência dos pais, em Mauá da Serra. Os documentos dela também foram recuperados.


O proprietário do estabelecimento foi preso em flagrante e pode responder por corrupção de menores e tráfico de drogas. Ele passou pela audiência de custódia, mas ainda não foi divulgado o resultado e se ele continua preso.


A residência contava com um sistema de videomonitoramento. Conforme a PM, foram localizadas diversas máquinas de cartão e camisinhas em cômodos diferentes da casa. A polícia também encontrou quatro pinos de cocaína, munição e dinheiro.


Durante a operação, vizinhos saíram para ver a movimentação e confirmaram que constantemente ouvem muito barulho vindo do estabelecimento. Uma mulher que preferiu não se identificar disse que já viu muitas meninas menores de idade frequentando o local. “Tem várias meninas, mas a idade exata eu não sei. Pelo o que a gente vê pela fisionomia delas são meninas novinhas. Às vezes, a gente via o rapaz saindo daí de dentro com o carro lotado de meninas”, disse.

© Copyright 2022 Grupo Tarobá