Operação mira quadrilha que extorquia donos de veículos roubados

Redação Tarobá News
Policial | Publicado em 22/05/2019 às 09:29

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) está nas ruas, na manhã desta quarta-feira (22), para cumprir 25 mandados de prisão e cerca de 30 mandados de busca e apreensão em Rolândia e região. A ação faz parte da 3ª fase da operação Boi na Linha, que visa combater golpes praticados contra proprietários de veículos roubados ou furtados no Estado. O crime de extorsão ocorria por meio de ligações telefônicas, em que os suspeitos afirmavam estar com o bem da vítima e exigiam pagamento de resgate.

Foram expedidos sete mandados de prisão preventiva e 18 de temporária. Entre os suspeitos estão homens e mulheres. Quarenta policiais civis em militares cumprem os mandados nas cidades de Centenário do Sul, Arapongas, Bandeirantes, Jaguapitã, além de Rolândia.

De acordo com a investigação da PCPR, o grupo criminoso praticava as extorsões sob grave ameaça. A partir de anúncios publicados nas redes sociais, os suspeitos obtinham informações sobre pessoas que tinham o veículo furtado ou roubado. Na sequência, determinados criminosos tinham a função de fazer a ligação e pedir o pagamento de resgate, com depósito em conta corrente.

Outros suspeitos do grupo criminoso, proprietários das contas bancárias, eram responsáveis por sacar o dinheiro e dividir o produto da extorsão entre os golpistas. Os proprietários das contas depositavam o pagamento dos demais criminosos em casas lotéricas. O objetivo dos saques e depósitos era evitar o rastreamento do dinheiro ilícito através de operações de transferência.

Os golpistas exigiam o pagamento de valores entre R$ 200 e R$ 2 mil às vítimas.

HISTÓRICO – A operação Boi na Linha teve início em 2018. Na 1ª fase, doze mandados de prisão temporária e oito de busca e apreensão foram cumpridos em Brasília em dezembro do ano passado. Naquela época, em torno de cinco vítimas do golpe registravam boletim de ocorrência por dia.

Em fevereiro foi deflagrada a 2ª fase da operação, em que seis mulheres foram presas pela prática da extorsão, sendo cinco em Rolândia e uma em Curitiba. Nesse período, o número de vítimas do golpe caiu para cerca de 2 por dia.

Durante a 3ª fase, a PCPR tem registrado cinco vítimas do golpe por semana.

A PCPR orienta que crimes de roubo e furto de veículos sejam investigados apenas pelas unidades locais e que as vítimas não depositem valores e nem paguem boletos referentes a supostos “resgates” de bens.

Com assessoria de imprensa 

Colaboração: Andelson Moro



Relacionados

Londrina | 23-10-2019 00:11

Carro furtado após arrombamento é recuperado na zona norte

Carro furtado após arrombamento é recuperado na zona norte

Foz do Iguaçu | 22-10-2019 20:42

Mulher é presa com 674 tabletes de maconha na Vila C

Mulher é presa com 674 tabletes de maconha na Vila C

Londrina | 22-10-2019 20:29

EXCLUSIVO: Polícia prende homem acusado de matar jovem na Praça Rocha Pombo

EXCLUSIVO: Polícia prende homem acusado de matar jovem na Praça Rocha Pombo

Cascavel | 22-10-2019 20:20

Homem quebra vidro de porta e sofre ferimento no braço

Homem quebra vidro de porta e sofre ferimento no braço

PUBLICIDADE