Linha 4

Publicidade

Operação Privilége: 9 mandando de busca foram cumpridos e arma apreendida

Redação Tarobá News

Na manhã desta quarta-feira (28), agentes do Núcleo Regional do GEACO de Foz do Iguaçu, com apoio de outros núcleos do GAECO, cumpriram nove mandados de busca e apreensão nos Municípios de Santa Terezinha de Itaipu, Missal e Capitão Leônidas Marques.

Os locais estavam em investigação pela Operação Privilége, deflagrada nesta manhã. Foram apreendidos durante a ação R$ 5 mil em dinheiro, uma arma de fogo, além de documentos que podem comprovar a pratica ilícita. 

As investigações apontam que Secretário Municipal de Santa Terezinha de Itaipu estaria privilegiando empresa pertencente a familiares, em licitações promovidas pela Pasta respectiva. O crime teria ocorrido nos anos de 2017 e 2020. 

Leia mais: Operação Privilége: Gaeco investiga fraudes licitatórias em municípios do Oeste do PR

Foram apreendidos durante a ação R$ 5 mil em dinheiro, uma arma de fogo, além de documentos que podem comprovar a pratica ilícita. As investigações apontam que Secretário Municipal de Santa Terezinha de Itaipu estaria privilegiando empresa pertencente a familiares, em licitações promovidas pela Pasta respectiva. O crime teria ocorrido nos anos de 2017 e 2020. 

Os mandados de busca e apreensão foram expedidos pelo Juízo da 3ª Vara Criminal da Comarca de Foz do Iguaçu e cumpridos na casa do secretário, na prefeitura de Santa Terezinha e na empresa. 

Outro mandados foram cumpridos em Missal e em Capitão Leônidas Marques. Com o desenrolar da investigação, foram encontrados indícios de que outras empresas, utilizando-se do mesmo modus operandi, também estariam sendo beneficiadas, em prejuízo ao caráter competitivo dos certames.


COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade