Londrina
Cascavel

TV Tarobá

Tarobá FM

  • Londrina
  • Cascavel

Para defesa, estudante que responde por racismo não cometeu crime

18/03/19 às 12:59 - Escrito por Ticianna Mujalli

A defesa do estudante Pedro Bellintani Baleotti alega que ele não cometeu o crime de racismo. O estudante foi acusado após gravar e divulgar um vídeo, nas ultimas eleições em que diz que está indo votar “armado com faca, pistola e o diabo, louco para ver um vagabundo com camiseta vermelha e já matar logo. Oh tá vendo essa “negraiada”? Vai morrer, vai morrer!”

No pedido, os advogados do jovem afirmam que o caso "não configura delito, muito menos simboliza um crime. A fala em nada revela a prática, indução ou incitação à discriminação ou ao preconceito". 

Ainda segundo a defesa, Pedro “não praticou nenhum ilícito penal, tem se facilmente entendido o porquê desta dificuldade da acusação,haja vista a conduta do acusado não se subsumir ao tipo penal imputado, bem como, a nenhum outro.”

Os advogados tentam ainda minimizar o uso as palavra "negraiada",alegando que no momento da gravação, ela não relacionaria a um a raça especifica, mas um conjunto de pessoas. “A palavra possui por si só o significado de grupo de pessoas e é utilizada inclusive em situações que não possuem nenhuma conotação negativa, assim como as palavras similares “negada” e “negrada”, a qual consta no Dicionário Michaelis”, escreveram no documento. 

Após a divulgação do vídeo Pedro Baleotti, foi expulso da universidade em que estudava direito e foi demitido do escritório que fazia estágio.O jovem responde em liberdade. 

No pedido dos advogados, já constam os nomes das testemunhas que serão intimadas pela defesa para a audiência, que ainda não tem data marcada. 

© Copyright 2022 Grupo Tarobá