Linha 4

Publicidade

Pelotão de Choque de Cascavel conta com uso de cães há quase 30 anos

Ellen Santos

As apreensão de drogas com uso de cães da Polícia Militar aumentaram em quase 1.000% no Paraná nos últimos 16 meses. Segundo a Companhia de Operações com Cães (COC), do Batalhão de Operações Especiais (Bope), 79,8 toneladas de drogas e 234 armas de fogo foram apreendidas em todo o estado. 

Atualmente, a Polícia Militar tem 168 cães operando no Paraná. Dentre as atividades desenvolvidas pelo cão estão o faro de drogas, o faro de armas de uso exclusivo, a busca e captura de pessoas e também o patrulhamento.

Em Cascavel, o pelotão de Choque conta com oito cães em operação e tem os serviços há quase 30 anos. Os animais fazem muita diferença no trabalho dos policias em abordagens realizadas na cidade. 

Treinamento

Os cães policiais precisam de 18 meses de treinamento para estarem aptos ao serviço policial. Há os que são treinados especialmente para a busca e faro de entorpecentes. Neste caso, o treinamento começa quando o animal ainda é filhote.

Após o período de serviço à Polícia Militar, que dura entre seis e oito anos, o cão fica disponível para adoção. Geralmente o policial condutor do cão, que trabalhou com ele por último nas operações, adota o animal.


COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade