PM encontra 50 celulares em cadeia em Santo Antonio da Platina

Redação Tarobá News
Policial | Publicado em 11/09/2019 às 11:17

Assessoria PM

O Setor de Operações Especiais do Depen (SOE) e a Polícia Militar fizeram uma operação pente-fino nas celas da carceragem da Delegacia de Santo Antônio da Platina.

Os detentos tentaram resistiram, fazendo barricadas com colchões nas portas de acesso às galerias e arremessando objetos nos agentes. Os agentes tiveram que controlar o princípio de tumulto e usaram granadas e munição de impacto controlado.

Após controlar a situação, os presos foram retirados e levados ao solário. Foram feitas buscas nas celas. Durante as vistoria foram encontrados: 50 celulares, 59 baterias, 38 carregadores de celular, 14 fones de ouvido, 01 serra de cortar aço, 07 facas, 01 estoque, 01 chave de fenda, 01 marreta, 02 limas de amolar, 01 alicate, 04 talheres de aço e 01 balança de precisão.

Em seguida os cães Fenix e Thor, especialistas em faro de entorpecentes e armas de fogo entraram no local e localizaram ainda cerca de 100 gramas de maconha.

O comandante da 4ª Cia. PM, capitão Marcos Fernando Sanches Alarcon, alerta que a Polícia Militar atua somente como apoio nessa situação, já que a responsabilidade pela carceragem é do Departamento Penitenciário do Estado do Paraná.

(com informações do Portal Tá na Cidade)



Relacionados

Curitiba | 19-09-2019 19:10

Suspeitos de participarem de morte de homem por dívida de R$ 50 são presos

Suspeitos de participarem de morte de homem por dívida de R$ 50 são presos

Ponta Grossa | 19-09-2019 17:23

PRF apreende veículo com cigarros na Av. Souza Naves

PRF apreende veículo com cigarros na Av. Souza Naves

Ponta Grossa | 19-09-2019 17:07

Presos da Cadeia de Ponta Grossa participam de Círculos de Justiça Restaurativa

Presos da Cadeia de Ponta Grossa participam de Círculos de Justiça Restaurativa

São Miguel do Iguaçu | 19-09-2019 16:58

36 presos da cadeia pública foram transferidos para presídios de Foz do Iguaçu

36 presos da cadeia pública foram transferidos para presídios de Foz do Iguaçu

PUBLICIDADE