Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel
Londrina
Cascavel

Polícia ainda procura presos que fugiram da cadeia de Cambé

28/12/17 às 06:35 - Escrito por Redação Tarobá News

Depois da fuga registrada na madrugada de quarta (27), o clima na cadeia de Cambé tranquilizou durante o período da tarde. O delegado se reuniu com o Ministério Público para identificar quantos presos podem ser transferidos. 

No fórum que fica ao lado da delegacia era possível ver as marcas deixadas pelos fugitivos. Até o momento, a polícia recapturou quatro dos doze homens que escaparam pelo telhado. A cerca de segurança foi cortada. Os detentos que ficaram na carceragem começam uma rebelião e atearam fogo em colchões. A polícia tentou controlar o motim disparando tiros. Por causa do incêndio, pelo menos seis presos ficaram feridos, dois deles estão em estado grave e continuam internados no Hospital Universitário (HU), são eles: Samuel Deodato e Guilherme Trindade Ricci.

A cadeia está superlotada, tem capacidade para 52 detentos, mas abrigava 195, 103 deles condenados que poderiam ser transferidos. No momento, há 185 presos, incluindo mulheres. Todos ocupam uma galeria e o pátio de sol. A segunda ala foi interditada para reparos. 

O delegado confirmou que já tinha recebido informações sobre o planejamento da fuga.

© Copyright 2022 Grupo Tarobá