Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Polícia está à procura de autor de furto de imagens sacras em Londrina

28/06/22 às 21:02 - Escrito por Redação Tarobá News

A Polícia está à procura do autor do furto de imagens sacras na Paróquia São José Operário, no Jardim Leonor, na zona oeste de Londrina. O crime ocorreu na segunda-feira em plena luz do dia. Câmeras de segurança registraram a ação.


Além da imagem de São Miguel, foi furtada a coroa de Nossa Senhora.  O ladrão chegou a fazer o sinal da cruz antes de cometer o furto. Ele permaneceu um longo tempo dentro da igreja e aproveitou a ausência de outras pessoas, para cometer o crime.


A imagem de São Miguel Arcanjo foi trazida de Roma há dois anos e passou pelo processo de consagração. Muito mais que o valor em dinheiro, os objetos religiosos têm um significado importante para os fiéis.


“Não é uma questão material, mas de que são imagens sagradas e não que não se substituem com facilidade. A nossa esperança é de que essas imagens sagradas, na vida desse jovem, possa ser sinal de conversão. Que ele entenda que Deus utiliza de seus sinais para que possa alcançar o coração daqueles que não o conhecem e que tudo indica que o coração daquele jovem é um desses”, ressalta o padre Dirceu Júnior.


A Polícia trabalha para recuperar os objetos religiosos e espera que a população denuncie o suspeito com o auxílio das imagens dar câmeras de segurança.


“O que se espera é que alguém o reconheça e o denuncie pelos canais de comunicação da PM, pelo Instagram, WhatsApp, 181 ou diretamente no posto policial no Jardim Leonor, próximo da igreja”, afirma o tenente Emerson Castro.


Para o pároco da igreja invadida, a esperança é que o bandido se arrependa do pecado e que ele mesmo devolva o que roubou.


“Que essa experiência, mesmo diante da dor, do sofrimento, da incompreensão, seja para ele um momento oportuno de conversão, para que assim como tantas outras pessoas, que encontram na violência a fonte de renda, possam perceber ela não é a última palavra e se abrir à grandeza da misericórdia de Deus”. 

© Copyright 2022 Grupo Tarobá