Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Polícia Federal deflagra nova operação contra organização envolvida com tráfico de drogas

23/11/22 às 12:32 - Escrito por Assessoria de Imprensa

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira (23) a Operação Banco Paralelo que visa desarticular uma organização criminosa que atuava com a lavagem de dinheiro do tráfico de drogas e outros crimes diversos, em várias cidades do Paraná.


A Operação Banco Paralelo se trata da segunda fase da Operação Fluxo Capital deflagrada em fevereiro deste ano e decorreu da necessidade de continuidade das apurações em razão da identificação de novos integrantes da organização criminosa até então desconhecidos, bem como a identificação de diversos bens móveis e imóveis que foram adquiridos total ou parcialmente com dinheiro oriundo da Orcrim investigada.


Assim como na fase anterior, mais uma vez ficou demonstrado que o controle da movimentação do dinheiro ilícito da Orcrim era feito no Paraguai através de doleiros donos de casas de câmbio naquele país.

Nesta segunda fase a Polícia Federal foi às ruas para cumprir 7 mandados de busca e apreensão. 


Também foram deferidos o sequestro dos diversos bens móveis e imóveis supramencionados cujos valores estimados ultrapassam os R$ 30 milhões de reais, além do bloqueio de valores e contas bancárias e a suspensão dos CNPJ’s das empresas envolvidas.


O nome da operação faz alusão ao fato de a organização criminosa atuar à margem do sistema financeiro nacional para a movimentação de vultuosa quantia de dinheiro que ultrapassou as centenas de milhões de reais. Os investigados responderão pelos crimes de organização criminosa e lavagem de dinheiro.

© Copyright 2022 Grupo Tarobá