Linha 4

Publicidade

Presidente do Conselho Tutelar fala sobre exploração sexual em boate

Redação Tarobá News

O presidente do Conselho Tutelar, Jair da Silva Dias, falou nesta manhã (22), sobre o caso em que envolveu três adolescentes que estavam em uma boate na cidade de Corbélia. 

Segundo ele, a noite a equipe recebeu denúncias, que em uma boate estaria acontecendo exploração sexual infantil com algumas adolescentes. Junto com a Polícia Militar, eles foram até o local e encontraram três meninas. Elas não portavam nenhum documento e resistiam em falar a idade. 

As adolescentes estavam em quartos separados e uma teria ingerido bebida alcoólica. Durante conversa, as equipes conseguiram descobrir que duas tinham 15 anos e a terceira, em ligação telefônica, a mãe relatou que ela teria 16 anos. 

Um casal que trabalha com aplicativo se apresentou como responsável pelas garotas. O homem ainda contou que não era a primeira vez que teria levado as meninas até o local e que elas seriam de Cascavel. Eles então foram detidos, assim como o responsável pela boate e liberados após o pagamento de fiança de R$ 2 mil cada um, para ficar livre.

Leia mais: Três pessoas presas por exploração sexual foram liberadas, em Corbélia 

Três pessoas são presas em Corbélia por exploração sexual infantil de adolescentes cascavelenses

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade