Promotoria garante condenação de réu que recebeu pena de 17 anos de prisão por feminicídio

Redação Tarobá News
Policial | Publicado em 07/12/2018 às 17:35

Foto: MPPR

Foi realizado na quinta-feira, 6 de dezembro, o primeiro julgamento por feminicídio na comarca de Santa Isabel do Ivaí, no Noroeste paranaense. Denunciado pelo Ministério Público do Paraná por homicídio qualificado, o réu foi condenado pelo Tribunal do Júri e recebeu pena de 17 anos de prisão em regime fechado.

No caso em questão, o réu matou sua esposa em setembro de 2017. Ela foi espancada com um pedaço de madeira e golpeada no pescoço a facadas. O MPPR sustentou a tese de homicídio qualificado por motivo fútil, uso de meio cruel e feminicídio (ou seja, a vítima foi morta em razão de sua condição de mulher).

O réu está preso preventivamente desde a época dos fatos e teve negado o direito de recorrer em liberdade.

 Fonte: MPPR



Relacionados

Cascavel | 20-06-2019 11:13

DH já identificou suspeito de balear homem no Centro

DH já identificou suspeito de balear homem no Centro

Palotina | 20-06-2019 10:33

Patrulha Rural apreende essências de narguilé e mais produtos do PY

Patrulha Rural apreende essências de narguilé e mais produtos do PY

Alto Paraíso | 20-06-2019 10:23

PRF aborda caminhão antigo e descobre quase 100 quilos de maconha

PRF aborda caminhão antigo e descobre quase 100 quilos de maconha

Curitiba | 20-06-2019 08:56

Homem é morto com dez tiros em bairro de Curitiba

Homem é morto com dez tiros em bairro de Curitiba

PUBLICIDADE