Promotoria garante condenação de réu que recebeu pena de 17 anos de prisão por feminicídio

Redação Tarobá News
Policial | Publicado em 07/12/2018 às 17:35

Foto: MPPR

Foi realizado na quinta-feira, 6 de dezembro, o primeiro julgamento por feminicídio na comarca de Santa Isabel do Ivaí, no Noroeste paranaense. Denunciado pelo Ministério Público do Paraná por homicídio qualificado, o réu foi condenado pelo Tribunal do Júri e recebeu pena de 17 anos de prisão em regime fechado.

No caso em questão, o réu matou sua esposa em setembro de 2017. Ela foi espancada com um pedaço de madeira e golpeada no pescoço a facadas. O MPPR sustentou a tese de homicídio qualificado por motivo fútil, uso de meio cruel e feminicídio (ou seja, a vítima foi morta em razão de sua condição de mulher).

O réu está preso preventivamente desde a época dos fatos e teve negado o direito de recorrer em liberdade.

 Fonte: MPPR



Relacionados

Cascavel | 25-05-2019 13:30

Mulheres são presas com droga tentando entrar na PEC

Mulheres são presas com droga tentando entrar na PEC

Curitiba | 25-05-2019 10:53

Homem é assassinado em pátio de posto de combustíveis na BR 277

Homem é assassinado em pátio de posto de combustíveis na BR 277

Curitiba | 25-05-2019 09:27

Homem morre carbonizado em incêndio durante comemoração de emprego novo com a esposa

Homem morre carbonizado em incêndio durante comemoração de emprego novo com a esposa

Pinhal de São Bento | 25-05-2019 09:03

Adolescente de 13 anos é vítima de abuso sexual e engravida

Adolescente de 13 anos é vítima de abuso sexual e engravida

PUBLICIDADE