Linha 4

Publicidade

Rolândia: Polícia Civil apura causas de acidente com mortes em trilho de trem

Redação Tarobá News

O maquinista do trem envolvido em acidente com mortes em Rolândia, na noite de sábado (27), já foi ouvido pela Polícia Civil, assim como um policial militar que se apresenta como testemunha.

Um veículo Voyage que ficou parado sobre o trilho foi atingido pelo trem. Uma mulher de 32 anos e a filha de seis anos não resistiram aos ferimentos e morreram no local.

A Polícia Civil de Rolândia segue com investigações e ainda não foram concluídas algumas diligências técnicas.

“Agora restam diligências técnicas, como parte de perícias no local, laudo de necropsia e vamos solicitar alguns complementos às perícias. Com as oitivas de parentes vamos tentar entender a razão desse carro ter parado justamente na linha do trem. Precisamos apurar todas as circunstâncias para concluir se houve uma conduta criminosa ou não”, comenta o delegado Bruno Silva Rocha.

O Corpo de Bombeiros esteve no local, mas a equipe de socorristas nade pode fazer para salvar as vítimas.

“Fomos acionados para uma ocorrência de que um trem havia colidido com um veículo Voyage. Quando chegamos ao local percebemos o trem já parado, após o veículo ter sido arrastado e as duas já em óbito”, afirma o tenente Thiago Justino.

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade

Nós usamos cookies teste site para lhe proporcionar a melhor experiência possível lembrando de preferências em visitas anteriores. Clicando em "Aceitar" você aceita o uso de cookies e nossos Termos de Uso.