Sargento da PM mata ex-mulher durante discussão e se mata em seguida no litoral do Paraná

Redação Tarobá News
Policial | Publicado em 20/04/2019 às 11:11

Foto: TVCI- A Voz do Litoral

Um caso de feminicídio seguido de suicídio foi registrado no início da manhã deste sábado (20), em Paranaguá, no litoral do Paraná. O sargento da Polícia Militar Sidnei da Rosa Silva, de 48 anos,  matou a tiros a ex-mulher Jucilene Siqueira, de 28, e depois cometeu o suicídio. 

O casal estava separado há um ano e Silva não aceitava o fim do relacionamento.

Jucilene foi morta pelo ex-marido com quatro tiros, dentro da casa dela, no bairro Jardim Figueira. Os quatro filhos menores de 10 anos estavam na casa na hora do crime, por volta das 7h30.

Silva foi até a casa da ex-mulher logo no início da manhã e os dois começaram a discutir. Ele pegou a arama e atirou, a princípio duas vezes. depois, deu mais dois tiros na ex-companheira, que morreu no local. Os filhos estavam nos quartos.

Logo depois, o sargento saiu da casa e foi até o bairro Jardim Porto dos Padres. Lá atirou contra a própria cabela usando a mesma arma que matou Jucilene.

Informações: Banda B




Relacionados

Capitão Leônidas Marques | 02-06-2020 10:12

Após ocorrência de cárcere privado, homem mata uma pessoa e morre após troca de tiros com a PM em Capitão

Após ocorrência de cárcere privado, homem mata uma pessoa e morre após troca de tiros com a PM em Capitão

Iporã | 02-06-2020 09:02

Após perseguição motorista sofre acidente e PRE apreende meia tonelada de maconha

Após perseguição motorista sofre acidente e PRE apreende meia tonelada de maconha

Foz do Iguaçu | 02-06-2020 08:48

Furtos e roubos de veículos aumentam durante pandemia em Foz do Iguaçu

Furtos e roubos de veículos aumentam durante pandemia em Foz do Iguaçu

Londrina | 02-06-2020 07:54

Em duas ações, são apreendidos 105 quilos de maconha

Em duas ações, são apreendidos 105 quilos de maconha