Linha 4

Publicidade

Suspeito de importunação sexual é preso em Londrina

Redação Tarobá News

Um homem de 40 anos foi preso nesta quinta-feira (24) pela prática do crime de importunação sexual contra, pelo menos, 4 vítimas.

Segundo as investigações, o primeiro crime ocorreu na manhã do dia 28 de agosto, na zona norte de Londrina. A vítima, de 47 anos, contou que estava recolhendo o lixo quando percebeu que um homem se aproximou do portão com as calças abertas e com o órgão genital para fora. Ele entrou na casa na hora em que ela se virou e agarrou a mulher. Ela começou a gritar e ele fugiu.

O segundo fato foi no mesmo dia, também na zona norte, mas Conjunto João Paz. Uma mulher de 23 anos, que estava fazendo a matricula da irmã no colégio, também foi atacada. O homem entrou na escola e abriu as calças mostrando o órgão sexual. Ele tentou agarrar a vítima. Ela gritou e ele saiu correndo. As câmeras de segurança da escola registraram a entrada do indivíduo no estabelecimento.

O terceiro fato foi no dia 24/08 em um ponto de ônibus. A vítima de 40 anos contou que esperava quando o homem se masturbando próximo a ela. Quando entrou no ônibus, ele tocou suas partes íntimas e saiu correndo.

O quarto fato registrado ocorreu no dia 11/08, também em um ponto de ônibus. Da mesma forma que a anterior. O investigado foi interrogado e confessou a prática delitiva.

Após a divulgação das imagens, a Polícia Civil recebeu denúncias que ajudaram na identificação do suspeito. 

Mais possíveis vítimas podem denunciar pelo telefone fixo ou por WhatApp no número (43) 3322-1633, ou pelo 197.

A Delegacia da Mulher tem o prazo de 10 dias para a conclusão dos Inquéritos Policiais.

O investigado já possuía diversas passagens anteriores pela prática da antiga contravenção penal de importunação ofensiva ao pudor, hoje o crime de importunação sexual.

LEIA MAIS

ENVIE SUGESTÕES, NOTÍCIAS, FOTOS OU VÍDEOS PARA NÓS ATRAVÉS DO WHATSAPP DO TAROBANEWS (43) 99995-1367 E PARTICIPE DO GRUPO PARA RECEBER O RESUMO DE NOTÍCIAS DO DIA CLICANDO AQUI.

COMENTÁRIOS

Publicidade