Taxista de 55 anos alega ter sido agredida por motorista de aplicativo: “Xingou e deu soco no meu olho”

Redação Tarobá News
Policial | Publicado em 20/07/2019 às 14:12

Uma taxista de 55 anos alega ter sido esmurrada e agredida verbalmente por um motorista de aplicativo, no fim da tarde da última sexta-feira (19), na rua Coronel Dulcídio, bairro Batel, em Curitiba. Segundo a vítima, os dois teriam discutido após o homem ter parado irregularmente em ponto de táxi da região, em frente a um supermercado.

Joara Aparecida Joeckel conta que pediu ao condutor que saísse do local, restrito aos taxistas. Após a discussão, Joara afirma que o homem acertou um soco em seu olho esquerdo.

A taxista compareceu à Central de Flagrantes na manhã deste sábado para realizar um Boletim de Ocorrência sobre a agressão. O caso deve ser investigado pela polícia.

Confira a matéria completa em: Banda B



Relacionados

Apucarana | 21-01-2020 21:35

Homem é condenado a 24 anos de prisão por estuprar a filha e obrigá-la a abortar

Homem é condenado a 24 anos de prisão por estuprar a filha e obrigá-la a abortar

Curitiba | 21-01-2020 21:22

Mulher descobre que marido abusava da filha de cinco anos

Mulher descobre que marido abusava da filha de cinco anos

Sarandi | 21-01-2020 20:35

Pintor baleado na cabeça durante briga familiar morre no Hospital

Pintor baleado na cabeça durante briga familiar morre no Hospital

Cascavel | 21-01-2020 19:35

Polícia Civil emite nota sobre protesto realizado no Brasmadeira

Polícia Civil emite nota sobre protesto realizado no Brasmadeira

PUBLICIDADE