Linha 4

Publicidade

Vizinha que descobriu sequestro, relata momentos de tensão

Geovana Tortato

Nossa equipe continua buscando mais informações sobre o sequestro em Cafelândia que chegou ao fim da noite de ontem (03). Nessa manhã (04), conversamos com a vizinha do casal que foi a primeira a saber do sequestro. 

A mulher afirmou que a mãe dos adolescentes ligou para ela para ver se o filho estava em casa. Ela conta que ao chamar pelo garoto, o menino não respondeu e o padrasto pediu que ela entregasse o celular pela janela. Nesse momento, ele teria contado que as crianças estavam amarradas e afirmou: "nem se você chamar um atirados de elite, vou soltar". Ainda segunda ela, o homem estava tremendo e com os olhos arregalados. 

Conforme a vizinha, Elizeu sempre foi um homem tranquilo, que cuidava das crianças como filhos. Ela não teria notado nenhuma mudança de comportamento nele. 


Veja mais: Crianças são feitas reféns pelo padrasto; polícia tenta negociar

Adolescentes permanecem amarrados sob ameaça do padrasto em Cafelândia

BOPE negocia liberdade de adolescentes mantidos reféns por padrasto

Ele só pedia um telefone dizendo que não iria soltar ninguém", diz irmã dos adolescentes

Sequestro: padrasto ainda mantém adolescentes em cárcere privado

BOPE invade casa, liberta reféns e prende sequestrador

"Nosso lema é salvar vidas", diz capitão do BOPE

Sequestro: irmãos são atendidos pelo Samu após serem liberados

Casa onde vítimas foram mantidas reféns estava revirada

Faca utilizada por sequestrador é apreendida

Veja detalhes do fim do sequestro de dois adolescentes em Cafelândia

COMENTÁRIOS

Publicidade