Boca Aberta e Boca Aberta Júnior protocolam pedido de cassação de Rony Alves

Murilo Pajolla
Política | Publicado em 11/02/2019 às 16:41

Os deputados federal e estadual Boca Aberta (PROS) e Boca Aberta Júnior (PRTB) protocolaram nesta segunda-feira (11) na Câmara de Vereadores de Londrina um pedido de cassação do mandato do vereador afastado Rony Alves (PTB). 

O parlamentar é réu na operação ZR-3, que investigou um suposto esquema de cobrança de propina para mudanças de zoneamento na cidade.

LEIA MAIS:

No pedido, os advogados dos deputados alegam que Rony incorreu em quebra do decoro parlamentar quando foi preso pelo Gaeco por supostamente ameaçar a principal testemunha da ZR-3, o agricultor Júnior Zampar, em uma agência bancária em Londrina. 

Boca Aberta e Rony são desafetos políticos desde quando ocupavam cadeiras na Câmara. O vereador do PTB era alvo das várias críticas de Petriv no plenário e acabou por ser o relator da Comissão Processante que terminou com a cassação de Boca Aberta. 

Em decorrência da Operação ZR-3, também foi afastado das funções o vereador Mario Takahashi (PV). Ele e Rony são acusados pelo Ministério Público (MP) de serem os líderes do suposto esquema.  

Trâmite na Câmara

O pedido de cassação deverá ser encaminhada para o conhecimento do plenário e depois para a análise da procuradoria jurídica, que deverá emitir um parecer sobre a matéria. Só então é que a representação será enviada à Mesa Diretora da Câmara, que decidirá por colocar ou não o pedido em votação. 

A reportagem ligou para a defesa de Rony Alves, mas não conseguiu contato. 



Relacionados

Política | 24-04-2019 07:50

Defesa de Lula prepara novo recurso

Defesa de Lula prepara novo recurso

Política | 23-04-2019 22:33

Em vídeo, Olavo critica 'generais incultos e presunçosos'

Em vídeo, Olavo critica 'generais incultos e presunçosos'

Política | 23-04-2019 22:05

Carlos Bolsonaro mantém ataques a Mourão nas redes sociais

Carlos Bolsonaro mantém ataques a Mourão nas redes sociais

Política | 23-04-2019 21:00

Decisão do Judiciário a gente não comenta, diz Mourão sobre Lula

Decisão do Judiciário a gente não comenta, diz Mourão sobre Lula