Bolsonaro fala com apoiadores, mas também escuta vaias, panelaço e xingamentos

Estadão Conteúdo
Política | Publicado em 23/05/2020 às 18:45

O presidente da República, Jair Bolsonaro, deixou na noite deste sábado, 23, o apartamento do ministro Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria de Governo, ao som de vaias e panelaço. O presidente chegou a cumprimentar alguns apoiadores, mas ouviu entre os tradicionais gritos de "mitos" também outros de "fora Bolsonaro", além de xingamentos.

No período da tarde, Bolsonaro e Ramos foram a uma confeitaria na quadra onde o ministro mora, na Asa Sul.

Depois, os dois ficaram reunidos por cerca de 1h30 na residência de Ramos.

Na saída, após falar com alguns apoiadores ainda no saguão do prédio, Bolsonaro se aproximou de um grupo maior de pessoas, contudo, ao ouvir xingamentos, retornou rapidamente ao carro e saiu.

De lá, o presidente foi para o Sudoeste, bairro de Brasília próximo ao Plano Piloto, onde mora Jair Renan Bolsonaro.

Ele está neste momento na residência do filho.



Relacionados

Cascavel | 29-05-2020 13:22

Eleições 2020: Veja como ser um mesário voluntário

Eleições 2020: Veja como ser um mesário voluntário

Política | 29-05-2020 12:11

Senado prorroga prazos de seis medidas provisórias

Senado prorroga prazos de seis medidas provisórias

Política | 29-05-2020 11:45

Bolsonaro condecora Weintraub e Aras com Ordem de Mérito Naval

Bolsonaro condecora Weintraub e Aras com Ordem de Mérito Naval

Política | 29-05-2020 11:35

Jornalista Gilberto Dimenstein morre aos 63 anos em São Paulo

Jornalista Gilberto Dimenstein morre aos 63 anos em São Paulo

PUBLICIDADE