Câmara decide oferecer denúncia contra Boca Aberta

Redação Tarobá News
Política | Publicado em 13/06/2017 às 10:42

Foto: Tarobá Londrina

A Mesa Executiva da Câmara recebeu parecer jurídico e decidiu apresentar uma denúncia contra o vereador Emerson Petriv (PR), o Boca Aberta. O caso é da autoria da enfermeira Regina Amâncio, que relata a campanha do vereador para arrecadar dinheiro na internet para pagamento de multa eleitoral de R$ 8 mil. A procuradoria jurídica da Câmara apontou que há indícios de que Boca Aberta feriu o artigo 9º do Código de Ética. A notificação será feita pela mesa em plenário. O prazo para a defesa prévia é de 10 dias. Os vereadores poderão votar pela abertura ou não da comissão processante.

O vereador Boca Aberta informou que ainda não foi notificado. Mas vai sustentar na justiça local e estadual que a lei municipal do Código de Ética em que a Câmara se pauta foi julgada inconstitucional pelo Tribunal de Justiça. E que as infrações político-administrativas devem se pautar no decreto de lei 201.



Relacionados

Política | 22-05-2018 12:40

'Grande parte dos partidos não vale nada', diz Bolsonaro

'Grande parte dos partidos não vale nada', diz Bolsonaro

Política | 22-05-2018 12:35

Excesso de burocracia facilita a corrupção, diz Cármen Lúcia

Excesso de burocracia facilita a corrupção, diz Cármen Lúcia

Política | 22-05-2018 11:22

Ex-prefeito e ex-secretário são condenados por contratação de empresa sem licitação

Ex-prefeito e ex-secretário são condenados por contratação de empresa sem licitação

Política | 22-05-2018 11:10

2ª turma do Supremo retoma caso de Meurer

2ª turma do Supremo retoma caso de Meurer

PUBLICIDADE