Caso Damasceno: parecer é apresentado por procurador jurídico

Redação Tarobá News
Política | Publicado em 15/03/2019 às 09:48

O presidente da Câmara de Vereadores,  Alécio Espínola e o procurador jurídico do Legislativo, Rafael Salvatti, apresentaram o parecer sobre o caso do vereador Damasceno Junior.

O parecer aponta que o caso é grave e não comporta penalização branda. A Comissão pediu o posicionamento da Mesa e a presidência não enrolou. Conforme especulações,  os cinco parlamentares investigadores estão propensos à aplicação da pena máxima e  não somente suspender Damasceno 180 dias,  sem remuneração.


Leia mais: Presidência se posiciona por debater cassação de vereador



Relacionados

Política | 23-03-2019 10:40

Maia diz que atrito com governo em relação à Previdência é 'página virada'

Maia diz que atrito com governo em relação à Previdência é 'página virada'

Política | 23-03-2019 10:35

Barroso mantém afastamento de promotor de GO por desvio de R$ 10 milhões

Barroso mantém afastamento de promotor de GO por desvio de R$ 10 milhões

Política | 23-03-2019 09:27

Em três meses, Paraná recebe embaixadores e delegações de 22 países

Em três meses, Paraná recebe embaixadores e delegações de 22 países

Política | 23-03-2019 08:25

Bretas usou proposta rejeitada no Congresso para prender Temer, diz jurista

Bretas usou proposta rejeitada no Congresso para prender Temer, diz jurista

PUBLICIDADE