Londrina
Cascavel

TV Tarobá

Tarobá FM

  • Londrina
  • Cascavel

Em reunião na Casa Civil, vereadora pede Delegacia da Mulher 24 horas

29/03/19 às 09:38 - Escrito por Redação Tarobá News

A presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Câmara Municipal, a vereadora Daniele Ziober (PP), protocolou nesta semana ofício direcionado ao gabinete do governador Ratinho Júnior (PSD) para solicitar que a Delegacia da Mulher funcione 24 horas em Londrina.

A reivindicação também foi apresentada pessoalmente ao chefe da Casa Civil do governo estadual, Guto Silva, e ao superintendente de Articulação Regional da Casa Civil, Aldino Jorge Bueno. O encontro ocorreu após a vereadora participar, a convite da deputada estadual Cantora Mara Lima (PSC), de audiência pública na Assembleia Legislativa do Paraná sobre políticas públicas de combate à violência contra a mulher.

A Delegacia da Mulher funciona em Londrina de segunda a sexta-feira, das 8h30 ao meio-dia e das 14 às 18 horas. Fora desses horários e em finais de semana e feriados, os boletins de ocorrência precisam ser registrados na 10ª Subdivisão Policial. No ofício enviado ao governador, Daniele Ziober ressalta que "a violência contra a mulher ocorre em qualquer horário" e "que estas mulheres, além da violência e humilhação sofrida, após as 18 h não contam com uma delegacia especializada a proporcionar-lhes respaldo e segurança". Segundo a vereadora, por não contarem com o apoio de profissionais preparados para esse tipo de atendimento, muitas vítimas deixam de denunciar o agressor, correndo um risco ainda maior.

Durante pronunciamento em plenário, Ziober disse que os representantes da Casa Civil se prontificaram a verificar a questão e agendar uma reunião com o governador. "Eles ficaram, inclusive, assustados em saber que a Delegacia da Mulher funciona só até as 18 horas", afirmou. Segundo ela, o governo estuda a possibilidade de estender o horário pelo menos até as 22 horas. Conforme o site da Polícia Civil do Paraná, existem no estado 20 delegacias especializadas no atendimento à violência contra a mulher. Em Curitiba a delegacia funciona dentro da Casa da Mulher Brasileira, espaço que funciona ininterruptamente e reúne diversos serviços públicos especializados como a Patrulha Maria da Penha, Juizado de Violência Doméstica e Familiar, Defensoria Pública e ainda oferece alojamento.

(com Câmara Municipal de Londrina)

© Copyright 2022 Grupo Tarobá